Fechar

Geral

Covid-19

Ao vivo: Brasil registra 1ª morte por coronavírus

Publicado por Victor Ramalho, 13:30 - 17 de março de 2020

O Brasil confirmou a primeira morte por coronavírus. Trata-se de um homem, de 62 anos, morador de São Paulo e que estava internado em um hospital da capital paulista. 


A Secretaria de Estado da Saúde, juntamente com o Governo de São Paulo, convocaram uma coletiva de imprensa para falar sobre o óbito confirmado e outras 4 mortes, ainda em investigação. 


Segundo o Coordenador do Centro de Contigência do Coronavírus em São Paulo, David Uip, o vírus só foi confirmado no paciente na noite de segunda-feira, 16, e que provavelmente ele não estivesse na última contagem de infectados do Estado. Confira as atualizações da coletiva em tempo real:


David Uip: Coordenador do centro de contigência do coronavírus/SP
Paulo Menezes: Coordenador do comitê de emergência do coronavírus/Capital Paulista


13h51: "Estamos muito preocupados com os profissionais da área de saúde. Existem recomendações muito claras de proteção ao profissional da área de saúde. As regras de proteção tem que ser muito rígidas. Cabe aos profissionais, para sua própria proteção, observar isso rigorosamente. Eles estão sendo instruídos. Estamos discutindo as possibilidades (de isolar hospitais, para tratamento específico de infectados)."


13h50: "A confirmação do vírus só ocorreu ontem à noite. Provavelmente, a morte confirmada não estava na contagem de infectados". (David Uip)


13h50: "A maioria dos pacientes graves irá se curar" (David Uip)


13h49: "Vamos sugerir ao Ministério da Saúde mudanças nos critérios da quarentena, com a redução de 14 para 10 dias. Isso melhorará o impacto dos serviços públicos no tratamento". (David Uip)


13h46: "O caso precisa ser notificado pelo serviço, para que a equipe de vigilância da Prefeitura tenha acesso aos pacientes" (Paulo Menezes, sobre problemas no atendimento do 156).


13h45: "Esta é a última entrevista coletiva feita desta maneira, até a normalização da pandemia. Fizemos desta maneira por uma questão de emergência". (David Uip)


13h43: "As medidas atuais são adequadas e suficientes. É o que o Secretário vai levar de recomendação ao Governador. A decisão é do Governador, mas nossa recomendação é que as medidas atuais não precisam de alteração" (David Uip, quando as restrições no Transporte Público).


13h39: "Existem 4 óbitos, internados em uma mesma rede hospitalar, mas não ainda não confirmados se são por coronavírus". (David Uip)


13h38: "Utilizamos um sistema (de comunicação) para contabilizar os casos, com base no que foi feito em epidemias anteriores, como o H1N1. Entretanto, as informações não chegam em tempo real. É preciso que as unidades comuniquem à Secretaria Estadual". (Paulo Menezes)


13h37: "Quando (o caso) é da rede estadual, a comunicação é imediata. Quando é da rede particular, existe a necessidade de se comunicar à Secretaria Estadual". (Paulo Menezes)


13h36: "O caso grave serve para nós de referência, mas não se monta o planejamento em cima de um único caso. Os secretários fazem o planejamento em cima das necessidades do estado". (David Uip)


13h32: "Oferecemos 3 mil exames para casos suspeitos. A grande maioria deu resultados negativos". (David Uip)


13h31: "Existe o mundo ideal, e o mundo real. No mundo ideal, gostaríamos de poder oferecer exames gratuitos para todo mundo. Entretanto, o gestor público precisa trabalhar no seu limite." (David Uip)

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo