Fechar

Maringá

Ajuda!

Saiba como contribuir com campanha da Acim para compra de respiradores

Publicado por Luciana Peña/CBN Maringá, 11:27 - 25 de March de 2020

Bloco de Imagem

Foto: Cleber França/GMC Online

A Associação Comercial e Empresarial de Maringá lançou uma campanha para arrecadar recursos que serão usados na compra de EPIs, que são os equipamentos de proteção individual, e respiradores.


É uma forma de ajudar a cidade a se preparar para o auge da pandemia do coronavírus, quando haverá alta ocupação de leitos. Os pacientes mais graves de coronavírus precisam ficar em respiradores enquanto o corpo reage à infecção.


Como a CBN já informou, dez respiradores foram comprados até agora. O presidente da Acim, Michel Felippe Soares, diz que tanto pessoas físicas quanto jurídicas podem ajudar e com qualquer valor.


“Nessa semana nós já investimos R$1.3 mi em equipamentos para o HU. Hoje, nós estamos comprando mais materiais de EPI, não sendo destinado apenas ao HU, mas, também, aos outros hospitais públicos aqui da nossa região, como da rede municipal também […]. E nós estamos arrecadando recursos para conseguirmos comprar mais equipamentos, mais materiais, porque serão necessários”, explicou Soares.


O problema é que está difícil comprar respiradores, mas com o dinheiro na mão os empresários buscam o produto até no exterior.


“Hoje, se eu tivesse mais 10 respiradores disponíveis, eu já compraria para fazer uma nova doação, mas nós não conseguimos localizar para comprar esses respiradores. Ontem, inclusive, eu liguei para um grupo de empresários em Santa Catarina que estava fazendo movimento similar para verificar onde é que eles tinham comprado e eles apresentaram a mesma dificuldade”, disse o presidente sobre as dificuldades na aquisição dos equipamentos.


Para ajudar a conta corrente é: banco 756 (Sicoob Metropolitano), agência 4340, C/C 161.984-5, CNPJ 79.129.532/0001-83. A conta é exclusiva para a campanha e a titular é a ACIM.


Ouça a reportagem completa na CBN Maringá.



Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, clique aqui e participe do nosso grupo. Lembrando que apenas administradores podem enviar mensagens.


Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo