Fechar

Maringá

Maringá Encantada

Roda-gigante e big tower começam a funcionar neste sábado; veja preços

Publicado por Redação GMC, 11:04 - 29 de Novembro de 2019

Começam a funcionar neste sábado (30), os dois principais brinquedos do Maringá Encantada: a roda-gigante e a big tower. O primeiro, assim como no ano passado, foi instalado na Praça Renato Celidônio, ou a “praça da prefeitura”; o segundo, novidade da organização para 2019, foi instalado na Praça Napoleão Moreira da Silva, a “praça da Pernambucanas”.


A tão esperada roda-gigante tem 32 metros de altura, 4.180 lâmpadas e 24 gôndolas com capacidade para quatro pessoas cada. Crianças de todas as idades podem ir acompanhadas dos pais ou responsáveis.

Bloco de Imagem

Foto: Aldemir de Moraes/PMM

Já a big tower tem 40 metros de altura e capacidade para 12 pessoas. A plataforma sobe lentamente, proporcionando bela vista da cidade, e despenca em alta velocidade. Acesso somente para pessoas com altura acima de 1m50, em função do dispositivo de segurança. Crianças a partir de 12 anos podem encarar a aventura.

Bloco de Imagem

Foto: Divulgação/PMM

Para ambos, os ingressos custam R$ 10. A cabine exclusiva na roda-gigante é R$ 60.


Para crianças a partir de 2 anos, foram instalados na praça da prefeitura o carrossel e o ′aviãozinho′. Os ingressos custam R$ 8, com promoção no pacote com cinco ingressos a R$ 35. Parte da valor é destinado para entidades assistenciais via Programa do Voluntariado Paranaense (Provopar).


Todos os brinquedos funcionarão de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Aos sábados e domingos, a partir das 15h. Nos dias 25 e 31 de dezembro, os brinquedos não funcionam. No dia 24, véspera de Natal, funcionam até às 18h.


Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, clique aqui, e encaminhe uma mensagem informando o seu nome.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo