Fechar

Maringá

Ajuda

Programa 'Família Acolhedora' busca lar temporário para crianças

Publicado por Redação GMC Online , 08:47 - 25 de March de 2020

Bloco de Imagem

Foto: ilustrativa/Pixabay/Domínio Público

O serviço 'Família Acolhedora' está em busca de pessoas que desejam acolher com um lar temporário, por um período de até um ano e meio, crianças e adolescentes (0 a 18 anos) que, por medida judicial, foram afastados das próprias famílias. Programa necessita, em especial, de famílias que acolham crianças a partir dos 8 anos, adolescentes, grupo de irmãos ou que tenham alguma deficiência. 


A diretora de Acolhimento, Janaina Bergoce, pontua que são 60 famílias cadastradas, mas o número não é suficiente, visto o desafio em encontrar famílias compatíveis com os perfis das crianças.


Estela Marinho, a ′tia Teca′, acolheu 6 crianças desde que entrou no programa, em maio de 2019.



“É um presente poder participar da vida deles. Nós aprendemos muito e conhecemos o amor verdadeiro. Sentimos muito quando eles vão embora, mas temos fé que concluímos nossa missão e que marcaremos a vida dessas crianças”, diz.



O objetivo do serviço é garantir a proteção de crianças e adolescentes e evitar o encaminhamento para abrigo, até que a situação legal seja solucionada. A família que acolhe recebe atenção da Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Sasc), enquanto a família de origem também é assistida por profissionais, até a reintegração familiar da criança ou adolescente.



Como ajudar? 



Para se cadastrar, não é necessário ser casado. Basta residir em Maringá, ter acima de 21 anos, não estar respondendo processo judicial e não ter interesse em adoção. Após realizar o cadastro, os participantes passam por entrevista e capacitação.


Os voluntários podem se candidatar por meio de um formulário. Clique aqui para acessar


Para mais informações, entre em contato com a Secretaria de Assistência Social e Cidadania pelo telefone (44) 3261-2415. 



Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, clique aqui e participe do nosso grupo. Lembrando que apenas administradores podem enviar mensagens.


Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo