Fechar

Maringá

Cidade

Postos de saúde vão atender até mais tarde em Maringá

Publicado por Redação GMC, 09:28 - 08 de Julho de 2019

Com objetivo em desafogar o fluxo das duas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e emergências no Hospital Municipal (HM), a Secretaria de Saúde de Maringá vai estender o horário de atendimento de 12 Unidades Básicas de Saúde (UBSs), ampliando o acesso aos serviços de atenção primária (Alvorada I, Cidade Alta, Alvorada III, Guaiapó/Requião, Morangueira Iguaçu, Ney Braga, Iguatemi, Pinheiros, Mandacaru, Quebec e Tuiuti).


A proposta é que postos funcionem de segunda a sexta, das 7h às 19 horas, já que atualmente a maioria encerra o expediente às 17h. A UBS Morangueira será a primeira a aderir a mudança. Conforme informações da assessoria de imprensa da Prefeitura de Maringá, o horário deve mudar ainda este mês, no entanto, não há data definida até o momento. 


A ampliação dos horários é um uma ação do Governo Federal para melhorar o atendimento para a população e a qualidade dos serviços oferecidos pelos profissionais de saúde.


A medida prevê que a população tenha acesso aos serviços básicos como vacinação, consultas médicas e odontológicas, coleta de exames laboratoriais, gestantes, consultas pré-natal, entre outros procedimentos.


Em Maringá, das 34 UBSs, duas localizadas nas áreas sul e norte da cidade já flexibilizam os horários. Ao todo, são mais de 600 profissionais que desempenham atividades de saúde nos postos do município.



“A necessidade veio da população e da percepção dos profissionais da área de saúde. As unidades que já funcionam em horário diferente abrem às 7h e fecham às 21 horas. É nesse horário que o trabalhador pode ser atendido, não só por uma questão de assiduidade do trabalho, mas também por conta de questões burocráticas quando se entrega atestado”, destaca Clície Arrias, gerente de Assistência à Saúde.



O funcionamento em horário diferenciado já promove resultados visíveis, principalmente na saúde preventiva.


A medida também permite mais flexibilidade na organização da Atenção Primária, que poderão trabalhar em escala, intercalando as equipes no atendimento à população. Os serviços da Atenção Primária são a principal porta de entrada para a população receber atendimento no Sistema Único de Saúde (Sus).


Na sequência, quando a necessidade de atendimento emergencial, o paciente é encaminhado para UPA mais próxima.

Bloco de Imagem

Secretaria de Saúde de Maringá vai estender o horário de atendimento de 12 Unidades Básicas de Saúde (UBSs), ampliando o acesso aos serviços de atenção primária. Foto: Aldemir de Moraes/PMM

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo