Fechar

Maringá

Óbitos

Maringá registra as primeiras mortes por coronavírus no Paraná

Publicado por Victor Simião/CBN Maringá, com AEN, 19:02 - 27 de março de 2020

Bloco de Imagem

Foto: Victor Simião/CBN Maringá

A Secretaria de Saúde de Maringá, norte do Paraná, confirmou os dois primeiros casos de morte em decorrência do coronavírus na cidade. As vítimas são uma mulher de 54 anos e um homem de 84. A informação foi apresentada na tarde desta sexta-feira, 27, em coletiva de imprensa, no Paço Municipal.


Essas duas mortes são as primeiras causas pela Covid-19 no Estado do Paraná. Rosangela Machado, de 54 anos, era professora. Ela tinha ido a Fortaleza e feito escala em São Paulo no dia 12 deste mês. No dia 20 foi internada; dois dias depois, foi à UTI. Ela morreu no dia 25.


Belchior Martins, de 84 anos, morreu na madrugada desta sexta. Ele começou a apresentar sintomas no dia 15 deste mês. O hospital em que ele estava disse não poder dar mais informações.


Duas outras mortes estão sob investigação em Maringá por suspeita da Covid-19. Ainda segundo o município, há nove casos positivos da doença.


O secretário de Saúde de Maringá, Jair Biato, disse que medidas já vinham sendo tomadas como toque de recolher e fechamento do comércio. O foco, agora, é priorizar a rede de saúde na cidade.



“Precisamos de mais informações para tomar decisões, informações de casos, confirmações de casos que ainda aguardam. É importante a população entender que estamos preparando a rede pública e privada para o enfrentamento ao coronavírus. Sabemos que vivemos, nacionalmente, um problema de equipamentos, EPIs, então as medidas que nós tomamos podem ser avaliadas diariamente e serão tomadas no momento certo, da forma certa, com decisões técnicas, olhando o risco da população de vir a falecer com coronavírus”, destacou.



No Paraná, até o momento, 125 pessoas testaram positivo para a Covid-19. O dado é considerado como subnotificado porque nem todos os casos confirmados pelos municípios são registrados pelo Governo do Estado. O motivo é que o Paraná somente divulga dados que passam pelo laboratório central, enquanto as cidades levam em conta os registros feitos por laboratórios locais.


Novos casos


O novo boletim aponta 19 novos casos confirmados, incluindo os dois óbitos. As novas confirmações são em Cascavel (3), Cianorte (1), Guarapuava (1), Curitiba (5), Maringá (4), Iretama (1), Campo Mourão (1), Umuarama (1), Guaíra (1) e União da Vitória (1). Os pacientes têm idades entre 22 e 84 anos. Nove pacientes estão em isolamento hospitalar, seis em Unidades de Terapia Intensiva (UTI).


Dos 125 casos confirmados no Paraná, quatro não residem no Estado. Além disso, 2.004 foram descartados e 1.078 estão em investigação.


O Paraná adotou nesta sexta-feira (27) um sistema ligado ao Laboratório Central do Estado (Lacen/PR) para contabilidade de dados de todas as notificações que foram recolhidas amostras a fim de precisar os números o mais próximo possível da realidade de suspeitos no Estado.



Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, clique aqui e participe do nosso grupo. Lembrando que apenas administradores podem enviar mensagens.


Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo