Fechar

Maringá

escotismo

Grupo de escoteiros de Maringá tem fila de espera

Publicado por Nailena Faian, 17:21 - 30 de Janeiro de 2019

Quem pensa que escotismo é só acampar está muito enganado. A prática está atrelada ao desenvolvimento pessoal, especialmente do caráter. Em Maringá, um grupo de escoteiros tem fila de espera.


São dezenas de crianças e adolescentes aguardando por uma vaga no Grupo Escoteiro Verde Canção, fundado em 1985. Podem participar crianças a partir dos 6 anos e a formação se dá com 21 anos.



“Hoje nosso grupo tem 150 membros. São 120 que estão na fase de aprendizado e os demais são escoteiros voluntários que orientam e ensinam os mais novos”, explica o diretor do método educativo do Grupo Escoteiro Verde Canção, Rodrigo Paschoal Bellusci.


Bloco de Imagem

Foto: Reprodução/Facebook

Método e princípios


O escoteiro explica que o método e os princípios são os mesmos aplicados nos grupos de escotismo do mundo inteiro. A única diferença é o programa educativo, que varia conforme os costumes e valores de cada país e região.


Os princípios do escotismo são três: dever para com Deus, para com o próximo e para consigo mesmo. Já o método se caracteriza pelos seguintes pontos: aceitação da lei escoteira; aprender fazendo; vida em equipe; atividades progressivas e desenvolvimento pessoal.



“O objetivo do movimento escoteiro é educacional. É entregar o jovem sabendo de todas as potencialidades dele, de todas as limitações para com ele e com a comunidade. Você molda o caráter dele para que seja uma boa pessoa no futuro”, explica Bellusci.



No Grupo Escoteiro Verde Canção, os escoteiros se encontram todos os sábados. São três horas de atividades, que podem ser realizadas no período da manhã ou da tarde. Também são realizadas atividades especiais, como acampamentos. Os grupos são separados por idade.


A mensalidade é de R$ 71,40 e também é preciso pagar uma taxa anual de R$ 105 que é destinada à União dos Escoteiros do Brasil. “A mensalidade é para manter a estrutura da sede e também para custear as formações, como distintivos e cursos que permitem a progressão”, explica Bellusci.


Não há nenhuma exigência para entrar para o escotismo, apenas a idade mínima de 6 anos. “Temos atividades na natureza para que as crianças entendam sua importância e também façam algo em prol dela. Há atividades voltadas para a comunidade, outras em que ela aprende a ganhar, a perder, a ser honesta. Aqui ela vai desenvolver características que precisa para a vida, além da parte física a parte moral também”, detalha Bellusci.

Bloco de Imagem

Foto: Reprodução/Facebook

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo