Fechar

Maringá

Despedida

Católicos dão adeus a Orivaldo Robles

Publicado por Victor Simião/CBN Maringá, 08:21 - 22 de janeiro de 2019

Bloco de Imagem

O padre está sendo velado na Catedral de Maringá. Foto: Victor Simião/CBN Maringá

Muita gente começou a se despedir do padre Orivaldo Robles no final da tarde desta segunda-feira (21). O vigário, de 77 anos, morreu na manhã desta segunda em decorrência de um efisema pulmonar. Ele era vigário da Catedral Basílica Menor Nossa Senhora da Glória e está sendo velado no local. 


O padre vai deixar saudade. Tanto para quem o conhecia há anos, quanto para quem pouco conviveu com ele.



Ouça 



Há vários anos o presbítero estava com a saúde debilitada, realizando tratamento médico por problemas pulmonares.


Por conta morte, a missa de 18h30 foi especial, comandada pelo padre Julio da Silva - amigo há mais de cinco décadas de Robles. Uma pessoa muito honesta e culta, diz Silva.


O padre Onivaldo Robles nasceu em 1941, no interior de São Paulo. No Paraná desde os anos 1960, foi professor em escolas e cursos. Ele escreveu livros sobre a história da Igreja em Maringá. O mais importante deles se chama "A Igreja que Brotou da Mata - os 50 anos da Diocese de Maringá", lançado em 2007.


Nesta terça-feira (22), estão previstas quatro missas de corpo presente. Onivaldo Rovles vai ser enterrado no cemitério Rainha da Paz, durante a tarde. 

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo