Fechar

Maringá

aventura

Casal maringaense que viaja o mundo faz parada em 'casa'

Publicado por Nailena Faian, 08:45 - 27 de February de 2020

Bloco de Imagem

Foto: Arquivo pessoal

Há dois anos eles largaram emprego e venderam tudo que tinham para realizar um sonho: viajar pelo mundo e conhecer culturas novas. Depois de percorrer 45 países, o casal retornou para Maringá em janeiro para matar a saudade da família.


Enquanto ficam na cidade passando o tempo com familiares e amigos, Andrea Schiavone e Tiago Lopes, ambos de 37 anos, planejam a continuidade da volta ao mundo. O próximo país, dizem eles, provavelmente deve ser a Itália.

Bloco de Imagem

Foto: Arquivo pessoal


“O que move a gente a continuar é o ser humano. É saber que você sai do seu cotidiano, que você conhece tanta coisa diferente, tanta cultura, tantas formas de se viver. Existem tantos lugares que são melhores que o nosso em beleza, em segurança. E existem tantos piores também. São vários lugares que você aproveita tudo e valoriza tudo o que passa. Os perrengues se transformam em aprendizado, isso é o mais legal. Queremos conhecer gente, culturas, sair do nosso conforto”, diz Andrea.


Bloco de Imagem

Foto: Arquivo pessoal

Um dos últimos países que o casal visitou foi a Islândia, ilha localizada no extremo norte do Oceano Atlântico. Repleto de vulcões e paisagens surreais, o local encantou o casal maringaense.



“É muito surpreendente, diferente de tudo que já conhecemos. Parece que você está em Marte. Você anda e não vê quase ninguém. De repente tem geleira, tem vulcão, sobe nas crateras. Tem praias com areia preta. Foi uma experiência alucinante, um país incrível”, descreve Andrea.



Ela revela que a maior dificuldade durante as viagens é a saudade da família. Mas também garante que vale muito a pena e dá dicas para quem sonha em seguir os mesmos passos do casal.



“Tem que se programar. Muita gente fala que precisa de muito dinheiro, mas não precisa. A gente vendeu tudo o que tínhamos e não era muita coisa. Economizamos nas saídas, vendemos roupas. Todo mundo tem algo que pode ser vendido. Tudo também depende da forma que você vai viajar. Nós fazemos viagens econômicas. Gastamos muito mesnos viajando o mundo do que uma vida fixa no dia a dia. Acredite. Compre a passagem e vá. Se a gente pensar muito às vezes a gente não vai. E não tenha medo”, encoraja Andrea.


Bloco de Galeria
Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo