Fechar

Maringá

Sábado

Cão, gato e até galinha: leve seu pet para a benção de São Francisco

Publicado por Nailena Faian, 13:49 - 02 de Outubro de 2019

No próximo sábado (5) será realizada a tradicional benção dos animais na paróquia de Maringá que leva o nome do protetor da natureza e dos animais: São Francisco de Assis. O dia do santo é celebrado na sexta-feira (4), mas a benção ocorre no sábado para que mais pessoas possam levar o pet.


Há cinco anos o padre Luiz Carlos de Azevedo faz a celebração.



“Fazemos uma leitura bíblica que fala sobre os animais, depois tem a benção e jogo a água benta neles”, explica. Durante esses anos na paróquia, o padre já benzeu gato, cachorro, passarinho, galizé e até galinha chocadeira.



Todos os anos centenas de pessoas levam seus pets para a celebração que ocorre em frente à igreja, localizada na praça Vicente Simino, Jardim Alvorada.



“Interessante é que os bichinhos não brigam. Vem de todos os tamanhos e raças”, conta o padre. Qualquer animal de estimação pode ser levado para receber a benção.



Festa do Padroeiro São Francisco de Assis


Do dia 11 ao dia 13 de outubro a paróquia realiza a tradicional Festa do Padroeiro São Francisco de Assis. Vai ter missa, quermesse, churrasco e outras atrações. Confira a programação.



Dia 11, sexta-feira
19h30: Santa Missa, na sequência tem quermesse com barracas de salgados e doces e show de prêmios


Dia 12, sábado
19h30: Santa Missa, logo após noite da panqueca (R$ 10 cada) e baile com música sertaneja


Dia 13, domingo
11h30: almoço com churrasco
15h: show de prêmios
19h: missa de encerramento




Mais informações na paróquia pelo telefone (44) 3028-3545.



Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, clique aqui, e encaminhe uma mensagem informando o seu nome.


 

Bloco de Imagem

Foto: Divulgação

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo