Fechar

Maringá

Covid-19

Após receber doação, UEM retoma produção de álcool líquido

Publicado por Redação GMC Online, 15:41 - 25 de March de 2020

Bloco de Imagem

Foto: Universidade Estadual de Maringá

Nesta quinta-feira, 25, a Farmácia Ensino de Manipulação da Universidade Estadual de Maringá (UEM) retomou a produção de álcool líquido 70%, que será destinado ao consumo interno do Hospital Universitário (HU) e alguns setores da UEM, para garantir a segurança dos servidores que permanecem trabalhando.


A retomada na produção foi possível porque a Usina Santa Terezinha (Usaçúcar), de Iguatemi, doou mil litros de álcool puro para a instituição. A matéria-prima foi transportada e armazenada, gratuitamente, pela Gopar, indústria de detergentes e desinfetantes, onde o produto foi acondicionado em embalagens adequadas e entregues à Farmácia Ensino de Manipulação.


De acordo com a responsável pela Farmácia de Manipulação, Marli Miriam de Souza Lima, todo produto manipulado deve seguir as Boas Práticas de Manipulação (RDC 067/2007-ANVISA), para garantir a qualidade. “Por isso o álcool 70% está sendo preparado na farmácia, pelas farmacêuticas responsáveis e não nos laboratórios de ensino. Ressaltando que este produto destina-se ao HUM para a desinfecção de superfícies, pisos, e mãos, cuja eficácia precisa ser assegurada” explica.


Ainda de acordo com ela, a Farmácia Ensino de Manipulação da UEM, vinculada ao Departamento de Farmácia, existe desde 1987 e tem sua Licença de Funcionamento autorizada pela Vigilância Sanitária renovada anualmente.


De acordo com a pró-reitoria de Extensão e Cultura, Débora Sant’ana, outras empresas de Maringá também colaboraram com a UEM, doando as embalagens onde o álcool será colocado para distribuição no HU. “A Copos e Brindes doaram três mil embalagens de 300 ml, a Biofórmula Farmácia de Manipulação, cem embalagens para álcool, e também recebemos as tampas dos frascos que foram doadas por uma empresa que preferiu não se identificar”, destaca.



Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, clique aqui e participe do nosso grupo. Lembrando que apenas administradores podem enviar mensagens.


Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo