Fechar

Maringá

Educação

40 mil alunos da rede municipal voltam às aulas para o 2º semestre

Publicado por Luciana Peña/CBN Maringá, 08:24 - 31 de julho de 2019

Bloco de Imagem

Foto: Divulgação/PMM

As escolas e Centros Municipais de Educação Infantil da rede municipal de ensino em Maringá recebem nesta quarta-feira (31), 40 mil alunos para o início do segundo semestre letivo.


Nos últimos dois dias os professores trabalharam na preparação de aulas e durante as férias escolares pequenas reformas e serviços de manutenção foram executados.


A secretária de Educação Gisele Colombari diz que apenas três escolas estão em obras no momento.


Já a novidade neste semestre será o uso de notebooks comprados pela administração. São 1.855 equipamentos, que servem como ferramentas de apoio nas aulas de português e matemática e ficam na sala de aula.


No mês passado, a Secretaria de Educação (Seduc) adquiriu 53 notebooks para uso dos professores nas aulas pedagógicas nas escolas. O investimento total foi de R$ 5 milhões, o que incluí roteadores e armários.


Cada escola deve receber 37 notebooks, sendo um destinado para uso do professor. As aulas com auxílio dos equipamentos devem iniciar na segunda quinzena de agosto nos laboratórios móveis de ensino das escolas.


Mais de 300 professores da Seduc já receberam capacitação para manuseio dos notebooks, que deve inovar e aprimorar as disciplinas seguindo planejamento de atividades.


Os notebooks utilizados pelos professores são da marca HP Probook 440 G5. Os alunos vão usar equipamentos educacionais da marca Multilaser, com toque na tela opcional. O software é o ′Aprimora′ da Positivo. A plataforma possibilita a identificação das habilidades e dificuldades dos alunos do 4º e 5º ano, em resolução de exercícios das disciplinas.


A secretária de Educação Gisele Colombari diz que a rede municipal está com matrículas abertas para a educação de jovens e adultos.


O telefone da Seduc é o (44) 3221-6900.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo