Fechar

Entretenimento

Rei

Em Maringá, Roberto Carlos apresenta show repleto de clássicos

Publicado por Victor Simião/CBN Maringá, 10:36 - 15 de Junho de 2019

O início do show não foi como Roberto Carlos esperava. Por volta das 21h30, ele subiu ao palco e cantou "Emoções" – mas uma falha técnica atrapalhou o som e a iluminação. Após finalizar a canção, o artista saiu do palco e ficou ausente por cinco minutos. Quando voltou, reclamou . Disse que a culpa do problema não era da equipe dele. O rei falou que estava muito irritado por conta da situação, mas depois disse estar feliz por ter retornado a Maringá.


Após a falha inicial, o show seguiu. O repertório basicamente foi composto por clássicos: desde os tempos de Jovem Guarda, como o " O calhambeque", passando por "Lady Laura".


Não havia como ser diferente. A plateia no Parque de Exposições formou um coral com Roberto Carlos nas musicas mais conhecidas. "Como é grande o meu amor por você" foi cantada pelos fãs.


Das músicas mais recentes, Roberto cantou "Sereia" e "Esse cara sou eu".


Acompanhado por músicos excepcionais, que estão com o cantor há muitos anos, o show foi entrosamento puro. À vontade no palco, resultado de mais de 50 anos de carreira, Roberto Carlos ensaiou uma dança, conversou e brincou com a plateia. Aos 78 anos, o rei mostrou porque é majestade.


Apesar de já não ser um brotinho como nos anos 1960, ele ainda arranca suspiros de jovens e senhoras. Elas ao final do show correram até a frente do palco em busca de uma rosa. 


O gerente de vendas Mário Gomes veio de Umuarama com a esposa. O casal não conseguiu uma flor, mas não tem problema. Gomes gostou tanto do show que disse que quando tiver o próximo, vai também.


Roberto Carlos se apresenta em Foz do Iguaçu neste sábado (15).

Bloco de Imagem

Foto: Victor Simião/CBN

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo