Policial

Caso Juliedes

Acusado de matar policial militar em Sarandi é preso em Rondônia

Publicado por Luciana Peña/CBN Maringá, 09:41 - 01 de Agosto de 2019

Foi preso em Rondônia, na manhã desta quinta-feira (1º), Vagner Mariano, apontado como o assassino do policial militar morto em Sarandi em abril deste ano. Na ocasição, Juliedes Nunes, de 37 anos, foi morto a tiros em uma emboscada. 


Mariano estava foragido desde maio quando novas provas revelaram que apenas uma arma foi usada no assassinato. A mulher que atraiu o policial para o local do crime também acabou confessando que foi Mariano quem atirou em Juliedes. Antes das revelações, a polícia ainda suspeitava que os dois homens que estavam presos seriam os atiradores. 


Segundo a polícia, Juliedes foi assassinado porque combatia o tráfico de drogas no bairro onde morava em Sarandi.


Mariano foi preso pela Polícia Federal em Porto Velho, em Rondônia, a pedido da Polícia Civil.

Bloco de Imagem

Juliedes Nunes tinha 37 anos. Foto: Divulgação/Polícia Militar

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo