Fechar

Policial

Violência

À luz do dia, homem é assassinado no Jardim Paulista em Maringá

Publicado por Redação GMC, 11:28 - 07 de Agosto de 2019

Bloco de Imagem

O colombiano Daniel Felipe Suares levou um tiro na cabeça. Foto: Leo Filho / O Dia na Cidade

Uma pessoa foi morta durante a manhã desta quarta-feira (7), no Jardim Paulista, em Maringá. A informação foi divulgada pela Polícia Militar (PM), em nota. 


De acordo com a PM, a equipe foi chamada às 10h40 e informada que um tiro havia sido disparado no bairro. Em seguida, guardas municipais encontrarem um homem caído, já morto. 


Segundo a Polícia Civil, a vítima é o colombiano Daniel Felipe Suares, de 30 anos, que estava com R$ 1.400 que foram levados pelos criminosos.


De acordo com o delegado de homicídios Diego Almeida, o colombiano estava na garupa de uma moto que trafegava pelo Jardim Paulista no fim da manhã desta quarta-feira. O piloto parou para atender o celular, momento em que dois homes se aproximaram e anunciaram o assalto.


“Segundo a testemunha, eles [criminosos] pediram para que as vítimas virassem de costas. O colombiano teria se mexido e o assaltante achou que ele iria reagir e efetuou o disparo com a arma de fogo na cabeça dele”, explica o delegado.


Na sequência, os criminosos fugiram a pé e até o momento não foram localizados nem identificados.


“Pelas informações que colhemos não seria uma emboscada. Tudo indica que os autores visualizaram uma oportunidade. Viram eles falando espanhol, notaram que eram estrangeiros e aproveitaram. Ali também é uma região denominada de quebrada, onde indivíduos de má índole ficam na esquina fumando droga”, explica Almeida.


O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Maringá.


Reportagem atualizada às 17h desta quarta-feira (7), para acréscimo de informações.

Bloco de Imagem

Foto: ilustrativa/Cleber França/GMC Online

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo