Fechar

Paraná

Tragédia

Trabalhador do Paraná é um dos desaparecidos de Brumadinho

Publicado por Banda B, 10:21 - 28 de Janeiro de 2019

Um dos cerca de 300 desaparecidos da tragédia de Brumadinho (MG) é da Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Noel Borges de Oliveira, de 50 anos, morador de Campina Grande do Sul, estava na empresa Vale prestando serviços para uma empresa terceirizada de Pinhais, a Fugro in Situ Geotecnia, contratada para fazer análise do solo na barragem.


Oliveira falou com a esposa pela última vez na sexta-feira (25), por volta das 9 horas, pelo WhatsApp. Desde então, está desaparecido.

Bloco de Imagem

Noel Borges de Oliveira está desaparecido em Brumadinho (MG), desde a tragédia. Foto: Facebook

“Estamos desesperados, sem notícias dele, sem saber de nada. Meu pai falou com minha mãe na sexta de manhã pelo whats e depois não atendeu mais o telefone. Só dá fora de área. A última vez que ele visualizou o whats foi às 12h17. A gente está perdendo as esperanças a cada minuto que passa”, disse a filha Luciane de Oliveira à Banda B.


Segundo ela, o pai estava na empresa Vale, em Brumadinho, há dois meses, coordenando uma equipe como encarregado de obras.



“Ele era o único aqui da região de Curitiba que está lá coordenando esta equipe de 5 pessoas. os outros moram lá. Tem dois tios meus na região tentando alguma resposta”, disse a filha.



Noel Borges de Oliveria é casado, tem duas filhas e um neto. Ele é morador do jardim Santa Rosa, em Campina Grande do Sul.


A Banda B procurou a empresa Fugro in Situ Geotecnia, de Pinhais, sobre o desaparecimento do trabalhador. A empresa informou que irá se manifestar em breve.


Leia aqui.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo