Fechar

Paraná

Tecnologia da Informação

Paraná é o 4º estado com maior taxa de emprego em TI

Publicado por Redação GMC Online, 16:59 - 18 de Abril de 2019

De acordo com um estudo realizado pela Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro-PR), juntamente com o Departamento de Economia da Universidade Federal do Paraná (UFPR), constatou-se que o Paraná é o quarto estado brasileiro com maior taxa de crescimento de vagas de emprego no segmento de TI (Tecnologia da Informação) e o segundo no ranking nacional em produção e registro de inovações tecnológicas.


O Paraná criou 249 vagas de emprego no segmento de TI somente em fevereiro. Ocorreram 1,1 mil admissões contra 904 demissões no período, sendo que Curitiba liderou o ranking no estado, com saldo positivo de 109 novas vagas. Em comparação com o mesmo mês do ano passado, o crescimento no Estado foi de mais de 40%.


Já na área de TI, em fevereiro de 2019, ocorreram no Paraná 902 admissões contra 835 demissões, tendo saldo positivo de 67 novas vagas. Nesse caso, Curitiba foi de novo o município com maior saldo positivo no estado, apresentando 57 novas vagas. Em seguida vem Pato Branco, com 16 vagas, e Maringá com nove vagas. Toledo foi o município paranaense que apresentou a maior taxa de admissão, chegando a um aumento de 86% no período analisado. Em segundo lugar vem Ponta Grossa, com alta de 64%, depois Pato Branco (57%) e, em seguida, Maringá (24%).



"O Paraná vem há muitos anos trabalhando no fomento do setor de TI, mais precisamente depois da criação da governança no estado em 2016, que potencializou diversas ações. O Paraná é segundo estado que mais forma profissionais do Brasil, correspondendo a 11% da formação de TI no Brasil e isso reflete na oferta de emprego. O estado forma e contrata, mas ainda faltam profissionais”, informaAdriano Krzyuy, presidente das Associações das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro-Paraná).



Adriano complementa também que o setor de TI de Maringá vem se destacando no estado e fica entre as três cidades que mais contratam profissionais da área, atrás apenas de Curitiba e Londrina.


Maringá tem mais de 600 vagas no segmento de TI
Em Maringá, o setor de Tecnologia da Informação não para de crescer. O faturamento esperado pelo setor para 2019 é de R$ 1,2 bilhão. São cinco mil trabalhadores atuando em cerca de 400 empresas ligadas ao setor.


Para continuar crescendo o setor necessita de mão de obra. Hoje, há mais de 600 vagas em aberto esperando para serem preenchidas. Frente a essa necessidade, empresas do setor investem em qualificação. Além disso entidades como a Software By Maringá, que hoje conta com mais de 100 associados entre empresas e startups e atua como braço executivo da Asssespro na região, unem esforços com universidades da região para fomentar o mercado de trabalho, atração de talentos e fomento ao crescimento do setor.



"A cidade não está suprindo a carência de profissionais de tecnologia localmente. Precisamos de mais cursos universitários e técnicos, estes oriundos do ensino médio, para suprir as necessidades, além da atração de profissionais de fora, já que Maringá é considerada hoje uma das cidades com a melhor qualidade de vida do país. Preencher essas 600 vagas será fundamental para o crescimento do setor de TI de Maringá e região”, afirma Luis Marcos Campos, presidente da Software By Maringá.


Bloco de Imagem

Foto: Pixabay

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo