Fechar

Paraná

Ajuda

Jovem precisa de R$ 480 mil para custear tratamento contra o câncer

Publicado por Portal da Cidade Umuarama, 10:45 - 06 de Novembro de 2019

A advogada Gabriela Botter Mariano Souza, de 25 anos, moradora de Umuarama, luta contra um melanoma metastático e está precisando da ajuda para custear o tratamento que custará, inicialmente, R$ 480 mil.


Há 40 dias a jovem descobriu que estava com melanoma metastático – estágio do câncer de pele que se espalhou para outros locais do corpo, como pulmão, fígado, cérebro, osso ou trato gastrintestinal.


“Desde a descoberta da doença, meu estado de saúde está se agravando, eu não estou me movimentando e me encontro na cama”, destacou, em entrevista ao Portal da Cidade Umuarama. No caso da advogada, o câncer já atingiu fígado, pulmão, baço e coluna.


A jovem já passou pelos tratamentos tradicionais: quimioterapia e radioterapia, mas tais procedimentos não surtiram efeitos e a esperança são os medicamentos imunoterápicos – que em vez de terem como alvo direto o tumor, potencializam a resposta imunológica do próprio paciente contra o câncer.


Segundo Gabriela, ela necessita de dois medicamentos que juntos custam aproximadamente R$ 35 mil, sendo que um deles daria apenas para 14 dias de tratamento. A advogada pleiteia na esfera judicial a obtenção dos medicamentos, mas a demora do processo já prejudica o tratamento.


Por conta de todas as dificuldades, a família de Gabriela criou uma vakinha virtual, e por meio das redes sociais, iniciou uma campanha com o intuito de arrecadar fundos para ajudar no seu tratamento.


As pessoas que desejarem ajudar no tratamento também podem fazer depósito na conta bancária do pai da jovem:



Banco do Brasil


Agência: 2721-9


Conta corrente: 10582-1


Adalto Mariano


Vakinha virtual (clique aqui)


Bloco de Imagem

Há 40 dias, advogada Gabriela Botter Mariano Souza, de 25 anos, descobriu que estava com melanoma metastático – estágio do câncer de pele que se espalhou para outros locais do corpo, como pulmão, fígado, cérebro, osso ou trato gastrintestinal. Foto: Reprodução/Redes Sociais

Leia esta e outras reportagens de Umuarama no Portal da Cidade, clicando aqui.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo