Fechar

Paraná

Empreender

‘Caldeirão do Huck’ ajuda família de Nova Esperança a realizar sonho

Publicado por Redação GMC Online, 10:19 - 30 de Junho de 2019

Bloco de Imagem

Foto: Reprodução/Gshow

O quadro “Mandando Bem”, do Caldeirão do Huck, exibido nesse sábado (29), foi protagonizado por uma família de Nova Esperança (a 40 quilômetros de Maringá). Por meio do programa, pai e filho vão realizar o sonho de montar uma fábrica de jeans.


Luciano Huck esteve em Nova Esperança no dia 8 de maio. A família que se inscreveu para participar do quadro tem uma história de vida comovente. O pai Devanir, o filho Wellington e a família dedicaram anos de suas vidas trabalhando em uma fábrica no ramo têxtil. Mas, no ano passado, todos foram mandados embora da empresa.


Além disso, a filha Júlia, na época com 6 anos, estava com câncer na glândula suprarrenal e, meses depois, a mãe dela, Engredi, foi diganosticada com câncer de mama. Em meio a tantas dificuldades, a família uniu esforços e montou uma pequena confecção de calças jeans para gerar renda.


Depois de serem selecionados para participar do “Mandando Bem”, Devanir e Wellington passaram por treinamentos com um especialista indicado pelo Caldeirão para defenderem o seu negócio diante de uma banca de investidores. Eles conseguiram provar que mereciam uma chance e vão receber ajuda para montar a fábrica de jeans.


No palco do programa, Devanir agradeceu a oportunidade.



“A felicidade é muito grande porque eu tenho certeza que a partir de agora a nossa empresa vai ser sustentável e nós vamos trabalhar muito para isso. Vamos dobrar a nossa capacidade pessoal de cada um para manter em pé essa empresa daqui para frente”.



Você pode assistir o quadro exibido nesse sábado aqui.

Bloco de Imagem

Foto: Reprodução/Gshow

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo