Paraná

Paranavaí

Bebê de 33 dias morre engasgada com leite

Publicado por Monique Manganaro , 08:36 - 15 de Abril de 2019

Bloco de Imagem

Foto: Ilustrativa/Pixabay/Domínio Público

Uma recém-nascida morreu após ficar engasgada com leite, na manhã deste domingo (14), em Paranavaí (a 72 quilômetros de Maringá). A menina, de 33 dias, ficou aproximadamente uma hora sem respirar antes que os pais notassem que ela estava engasgada.


Segundo informações do Corpo de Bombeiros, a corporação foi chamada às 6h22 e, na ligação, uma pessoa dizia que estava com um bebê engasgado, com o rosto ficando roxo. Enquanto os socorristas chegavam até o local, o telefonista instruiu a família sobre os procedimentos básicos para desobstrução de vias aéreas.


“Logo que o pessoal chegou, eles verificaram que o bebê estava cianótico, ou seja, estava com as mucosas roxas, e também estava sem movimentos torácicos de respiração”, detalha o tenente Victor Kamey.


Os bombeiros iniciaram os procedimentos de reanimação e desobstrução, mas não tiveram sucesso. Socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também foram acionados, mas não conseguiram reanimar a criança.


De acordo com a corporação, os pais tinham amamentado a criança aproximadamente uma hora antes de perceberem que ela não estava respirando.


“O que provavelmente aconteceu foi que eles amamentaram o bebê, mas não verificaram se ele estava ou não respirando. Nessa uma hora que se passou, provavelmente o bebê ficou engasgado e foi tempo suficiente para que ele viesse a óbito. Principalmente em bebês, as consequências de ficar sem respirar são muito mais graves do que em um adulto”, afirma o tenente.


A família disse aos bombeiros que amamentaram a criança e foram levar o outro filho para tomar banho, mas só perceberam que a menina estava sem respirar uma hora depois.


Cuidados básicos


Em casos semelhantes a esses, O Corpo de Bombeiros faz algumas recomendações:


- Sempre colocar o bebê para arrotar depois de cada mamada, verificando se as vias aéreas estão desobstruídas;


- Caso a criança se engasgue, a manobra aconselhada é: colocar o bebê apoiado no antebraço e na mão, com o peito virado para baixo. O adulto também deve deixar o braço inclinado para baixo, para facilitar a saída do líquido. Depois, é preciso dar cinco tapas, com a palma da mão, entre as escápulas do bebê, virar a criança com o peito para cima e colocar dois dedos abaixo da linha mamilar e fazer cinco compressões. Repetir os passos até que o bebê desengasgue.


“Essa manobra é bem simples, mas com certeza ajuda os pais a salvarem vidas”, comenta o tenente.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo