Geral

Lançamento

Google apresenta smartphone com detector de spam e câmera melhor

Publicado por Folhapress, 09:40 - 10 de outubro de 2018

Bloco de Imagem

Foto: Divulgação

O Google anunciou nesta terça-feira (9), em evento em Nova York, o Pixel 3, seu novo smartphone, um tablet e o Google Home Hub, alto-falante inteligente com tela, semelhante ao lançado na segunda-feira (8) pelo Facebook.


O Pixel 3 estará disponível em dois tamanhos, um modelo padrão de 5,5 polegadas e um modelo XL, de 6,3 polegadas.


Segundo a empresa, o som dos alto-falantes está 40% mais potente do que o do aparelho anterior, o Pixel 2, e a nova tela Oled de plástico é a melhor já aplicada em um telefone da empresa da Alphabet.


O Google também aperfeiçoou a câmera do smartphone, embora a do Pixel 2 já fosse considerada uma das melhores do mercado. A empresa afirma que a câmera tem um chip de imagem personalizado, que melhora a imagem, assim como os aparelhos da Apple.


Uma novidade é a Screen Call, função que detecta quando uma ligação é spam (uma propaganda indesejada, por exemplo). Se o usuário concorda se tratar de spam, pode bloquear ligações do número.


O smartphone estará disponível em três cores, e o lançamento está previsto para o dia 18.


O Pixel 3 de 64 GB sairá por US$ 799 (R$ 2.987), e o 128 GB, por US$ 899 (R$ 3.360). Já o Pixel 3 XL de 64 GB custará US$ 899 (R$ 3.360), e o de 128 GB, US$ 999 (R$ 3.735). Os preços são para os Estados Unidos. Não há previsão de lançamento no Brasil.


O Google vendeu 2,53 milhões de aparelhos Pixel 2 e 2 XL ao longo de nove meses até 30 de junho e obteve menos de 1% do mercado global de smartphones, de acordo com a Strategy Analytics.


Os primeiros aparelhos Pixel atingiram vendas de 2,4 milhões de unidades nos nove meses terminados em 30 de junho de 2017.


O Android equipa a maioria dos smartphones ao redor do mundo.


Há três anos, o Google entrou na área de hardware para ter produtos em que pudesse exercer controle total sobre o desempenho de aplicativos e da receita gerada por eles.


Embora tenha sido bem-sucedido em vender aparelhos de baixo preço, tais como caixas de som e roteadores para uso residencial, os celulares encontraram dificuldade para avançar no mercado.


PIXEL SLATE


Já o Pixel Slate é considerado uma evolução do laptop Pixelbook, de 2017, embora ofereça experiência semelhante à de um tablet, com um teclado que pode ser separado da tela.


Assim como o iPad Pro, o aparelho tem alto-falantes frontais e câmeras frontais e traseiras de 8 megapixels.
O Slate será lançado neste ano a US$ 599 (R$ 2.240). O teclado custará US$ 199 (R$ 744), e a caneta, US$ 99 (R$ 370).


GOOGLE HOME HUB


O Google Home Hub, por sua vez, é como o Google Home, o auxiliar doméstico da marca, porém com um alto-falante e um assistente inteligente. Ele permite que usuários peçam para o dispositivo acender as luzes e se conectem com outros dispositivos domésticos.


Semelhante ao lançamento do Facebook, que na segunda-feira anunciou o Portal, e ao Eco Show, da Amazon, o Google Home Hub possui uma tela integrada que permite respostas visuais às perguntas.
O dispositivo custará US$ 149 (R$ 557).


MULTA


Também nesta terça, o Google entrou com recurso contra uma multa recorde de € 4,3 bilhões (R$ 18,5 bilhões) que a União Europeia lhe impôs em julho por abuso de posição dominante com o Android.


Bruxelas acusara o Google de usar a enorme popularidade de seu sistema operacional em smartphones e tablets para promover o uso de seu próprio mecanismo de busca e excluir seus rivais.


O apelo pode levar anos para ser julgado.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo