Geral

São Paulo

Mostra com imagens de beijos de casais do mesmo sexo é cancelada

Publicado por Folhapress, 08:55 - 12 de setembro de 2018

Bloco de Imagem

Fotografia que faz parte da exposição ‘Todos Podem ser Frida’. Foto: Camila Fontenele Miranda/Divulgação

A abertura da mostra 'Todos Podem Ser Frida', em que modelos aparecem em fotos caracterizados como a artista mexicana Frida Kahlo, estava prevista para o último sábado (8) em Votuporanga, cidade a 521 km da capital paulista.


No entanto, após pedidos da população local, a prefeitura da cidade decidiu adiar a mostra para dezembro, em data a ser definida. A exposição faria parte do Festival Literário de Votuporanga.


Em nota divulgada no site, a prefeitura informa que famílias, líderes religiosos e vereadores solicitaram que a exposição não fosse aberta durante o evento literário.


Nas fotografias, aparecem crianças e adultos e, entre eles, casais de homens e de mulheres se beijando.


O conteúdo foi considerado inapropriado para crianças, já que a maior parte do público do festival é infantil.


A mesma exposição passou pela cidade de São Paulo em 2014, no Museu da Diversidade Sexual, localizado na estação República do metrô.


No Facebook, o museu lamentou o ocorrido e disse que a mostra é "uma exposição lúdica e participativa, que se transformou em símbolo dos direitos humanos, principalmente na luta pela equidade entre mulheres e homens".


A nota informa que o conteúdo celebra a diversidade humana, dando visibilidade a pessoas com deficiência, e de diferentes raças, etnias e gêneros, "com a intenção de incentivar uma cultura de paz e respeito pelas diferenças".


As fotografias que integrariam a mostra adiada, feitas pela artista paulista Camila Fontenele, ainda podem ser vistas no site todospodem serfrida.com.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo