Fechar

Maringá

Só máquina!

Veja quais são os 10 carros com IPVA mais caros de Maringá em 2020

Publicado por Nailena Faian, 16:21 - 14 de Janeiro de 2020

Começo de ano é época de pagar contas extras. Uma que pesa no bolso é o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). A pedido do GMC Online, a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) revelou quais são os IPVAs mais caros de Maringá em 2020. 


Na primeira posição do ranking aparece uma Ferrari California ano 2011, cujo imposto tem custo de R$ 27.325,02. O IPVA é calculado aplicando a alíquota, que no Paraná é de 3,5% sobre o valor venal do veículo. 


No Estado, o carro com IPVA mais caro é uma Lamborghine Huracan ano 2017 - veja o top 10 clicando aqui. O valor do imposto é R$ 70.672,28.


Confira abaixo o ranking dos IPVAs mais caros de Maringá, em 2020. 


1) FERRARI CALIFORNIA


Ano: 2011
IPVA: R$ 27.325,02

Bloco de Imagem

Foto: Ilustrativa/Divulgação

2) FERRARI 612 SCAGLIETTI


Ano: 2006
IPVA: R$ 25.645,37

Bloco de Imagem

Foto: Ilustrativa/Reprodução/Pinterest

3 e 4) PORSCHE 911 CARRERA S


Ano: 2019
IPVA: R$ 22.456,49

Bloco de Imagem

Foto: Ilustrativa/Divulgação/Porsche

5) PORSCHE 911 CAR GTSCAB


Ano: 2018
Valor: R$ 20.847,19

Bloco de Imagem

Foto: Ilustrativa/Divulgação/Porsche

6) LAMBORGHINI G LP5502VB


Ano: 2009
IPVA: R$ 19.925,64

Bloco de Imagem

Foto: Ilustrativa/Reprodução/Webmotors

7 e 8) BMW M5


Ano: 2018
Valor: R$19.907,37

Bloco de Imagem

Foto: Divulgação/BMW

9) BMW X6 M


Ano:2018
IPVA: R$ 19.781,47

Bloco de Imagem

Foto: Ilustrativa/Reprodução/Pinterest

10) MERCEDES-BENZ G 63 AMG


Ano: 2013
IPVA: R$ 18. 216,59

Bloco de Imagem

Foto: Ilustrativa/Reprodução/Pinterest

Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, clique aqui e participe do nosso grupo. Lembrando que apenas administradores podem enviar mensagens.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo