Maringá

premiação

Thiago Ramalho, da Gela Boca Sorvetes, é eleito jovem empreendedor

Publicado por Nailena Faian, 17:52 - 07 de agosto de 2018

Bloco de Imagem

Thiago Ramalho, de 29 anos, trabalha na empresa desde os 10 anos. Foto: Leo Castro


“Os grandes merecedores do prêmio são meus pais. Eles que me deram espaço para trabalhar e investir na empresa”, diz Thiago Ramalho.



Com 29 anos, Thiago Ramalho, da Gela Boca Sorvetes, foi eleito o “Jovem Empreendedor 2018”. Ele foi escolhido por uma comissão julgadora na tarde desta terça-feira (7) na sede da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (Acim).


A rotina como empresário começou cedo. Aos 10 anos, Thiago já estava no balcão da Gela Boca, na Avenida Mandacaru, em frente à delegacia, atendendo clientes. Aos poucos, as responsabilidades aumentaram e ele passou a cuidar também da parte financeira.


“Revezava entre estudo e trabalho. Mas, quando chegou a hora de fazer o ensino superior, tive que escolher entre o estudo e o trabalho, porque era uma empresa familiar, com poucos funcionários, tinha muita coisa para fazer”, relata.


A escolha fez com que ele se apaixonasse cada dia mais pela profissão. Thiago transformou a empresa em franquia e o que era apenas uma loja se multiplicou para 50 unidades. São 17 em Maringá e as demais são da região e uma em Presidente Prudente (SP).


O segredo para prosperar, afirma o ganhador do prêmio, é a inovação, a qualidade e o relacionamento com o franqueado.


Thiago diz que desde 2000, quando iniciou a Gela Boca em Maringá, existiram vários contratempos, mas a profissionalização ajudou a sair das dificuldades e crescer. “Os grandes merecedores do prêmio são meus pais. Eles que me deram espaço para trabalhar e investir na empresa”, diz.


Agora, o objetivo é expandir a franquia para o interior de São Paulo. “Fico muito feliz por ter sido eleito, Maringá é uma cidade com muitos empresários bem sucedidos”, comemora.


Prêmio


No ano passado, o “Jovem Empreendedor 2018” eleito foi Felipe Bernardes, sócio da SVN Investimentos.


Os empresários que concorreram ao prêmio foram indicados, na primeira fase do processo, por 11 entidades. O homenageado precisa ser proprietário ou executivo de empresa de qualquer segmento, com no mínimo três anos de atividade e crescimento significativo no último ano, ter no máximo 40 anos e apresentar trajetória de sucesso corporativo, além de ter participação ativa na vida comunitária e não atuar nem estar concorrendo a cargo público.


Participaram da comissão julgadora representantes do Conselho de Administração da Acim, Conselho Superior da Acim, Acim Mulher, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Sindicato do Comércio Varejista de Maringá e Região (Sivamar), Sindicato dos Jornalistas, prefeitura, Câmara Municipal, Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Codem) e Maringá e Região Convention & Visitors Bureau.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo