Fechar

Maringá

UEM

Sistema de monitoramento será inaugurado, mas faltam seguranças

Publicado por Nailena Faian, 13:54 - 08 de Outubro de 2018

Bloco de Imagem

São 159 câmeras espalhadas pela universidade que funcionarão 24 horas. Foto: Divulgação/UEM

A Universidade Estadual de Maringá (UEM) anunciou que o sistema de monitoramento inteligente da instituição começará a funcionar nesta terça-feira (9), quando será inaugurado, às 10h30, o Bloco B-10, onde funcionará a Central de Monitoramento Eletrônico.


São 159 câmeras espalhadas pela universidade que funcionarão 24 horas. Elas estão nas entradas de pedestres e carros, estacionamentos, blocos-didáticos e em pontos chaves considerados mais vulneráveis.


Além do monitoramento ser feito na central, nas cinco guaritas também haverá monitores que dão acesso às imagens das câmeras mais próximas.


Na central de monitoramento, há nove monitores e três mesas operadoras com software de gerenciamento e captura de imagens. O correto é ter três agentes de segurança por turno, cada um em uma mesa acompanhando as imagens.


No entanto, por conta da carência de funcionários, apenas duas mesas operadoras serão utilizadas, afirma a diretora de Serviços e Manutenção da UEM, Ezeni Claro da Silva. “Vamos remanejar seguranças de outras áreas do campus para colocar na central. Precisamos contratar mais, hoje a defasagem na área de segurança é de 30%", diz.


A assesoria de imprensa da UEM informou que não há previsão para contratar novos seguranças.


A imagens gravadas pelas câmeras ficarão disponíveis por 30 dias em equipamentos instalados no Núcleo de Processamento de Dados da UEM. Caso haja alguma ocorrência, como furto ou roubo, os estudantes vão poder solicitar as imagens.


O valor total do investimento foi de cerca de R$ 1,8 milhão. A instalação das câmeras começou em maio e foi feita pela empresa ganhadora da licitação.


Ocorrências em 2018


De acordo com o setor de Vigilância da UEM, neste ano foram registrados nove furtos/roubos no campus. Foram três carros furtados e outras seis ocorrências de roubos pequenos, a maioria de celular. Ainda foram registradas outras quatro tentativas de furto/roubo e duas apreensões de drogas.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo