Fechar

Maringá

superstição

Sexta-feira 13: ONGs de Maringá evitam doação de gatos pretos

Publicado por Nailena Faian, 18:04 - 11 de Dezembro de 2019

Sextas-feiras 13 são sinônimos de preocupação para os protetores de animais. Perto da data, eles evitam fazer doações em razão do histórico de maus-tratos e uso deles em rituais religiosos.


Duas ONGs que atuam em Maringá afirmaram em entrevista ao GMC Online que acabam deixando de fazer doações nessa época, especialmente de gatos pretos. No entanto, segundo as instituições, as vítimas não são somente esses animais como a maioria pensa, mas cachorros e gatos de outras cores também.



“Há anos as instituições evitam doar nessa época principalmente os animais de cor preta, mas os demais também. Nós também fazemos isso por medo de usarem em macumba e em rituais. Há doações, mas somente depois de conversar muito com os adotantes. Para desconhecidos nem pensar”, afirmou a voluntária da ONG Dignidade Animal, Patrícia Micarelli.



“Só faço doação para pessoas conhecidas ou que foram indicadas, seja gato ou cachorro”, afirma a reponsável pela Associação Protetora Pelos Protegidos de Maingá, Dayane da Silva. Hoje o local conta com cem animais, entre gatos e cães.


O vereador e defensor de causas animais, Flávio Mantovani, disse que já foram realizadas algumas apreensões na cidade de animais que eram utilizados em rituais. 



“Em uma casa tinha alguns gatos e a pessoa em posse deles falou para a fiscalização que era para fazer rituais religiosos. Depois ela mudou a versão, mas foi multada pelos maus-tratos”, recorda o vereador.



Superstição 


Conforme reportagem do Estadão, a superstição teve origem na Idade Média, quando se acreditava que os felinos tinham "pacto com o diabo" por conta de seus hábitos noturnos. Se o gato fosse de cor negra era associado também às trevas.


O papa Inocêncio VIII, no século 15, chegou a incluir o animal em sua lista de perseguidos pela Inquisição.


O vereador Flávio Mantovani lembra que independentemente de crenças religosas e rituais, os maus-tratos contra animais é crime. Em Maringá, a multa é de R$ 2 mil por animal e pode chegar a R$ 10 em caso de morte. 


Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, clique aqui, e encaminhe uma mensagem informando o seu nome.

Bloco de Imagem

Foto: Pixabay

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo