Fechar

Maringá

Reforma da previdência

Servidores da UEM são convocados para discutir indicativo de greve

Publicado por Nailena Faian, 16:29 - 19 de Novembro de 2019

O Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino de Maringá (Sinteemar) convocou os servidores da Universidade Estadual de Maringá (UEM) para uma assembleia onde será discutido um indicativo de greve.


A reunião será na sexta-feira (22). Caso indicativo seja aprovado, os servidores da universidade podem entrar em greve a qualquer momento.


Ao GMC Online, o presidente do sindicato, José Maria Marques, o que motiva o indicativo de greve é a Reforma da Previdência encaminhada pelo governo à Assembleia Legislativa do Paraná (Alep).



“Foi encaminhada para a Alep sem antes ser debatida com os servidores. A gente quer um debate amplo e aberto sobre o assunto. Eles querem aumentar a contribuição do servidor para 14% e nós estamos há quatro anos sem recomposição salarial. Isso significa que nosso salário vai cair mais ainda. O governo faz as coisas de forma atropelada e empurra a gente para a greve”, defende.



A assembleia será às 8h de sexta-feira no auditório do Sinteemar.


Por meio de nota, a assessoria de imprensa do Governo do Paraná afirmou que não há necessidade de debates porque eles já ocorreram. Confira a nota na íntegra:



"Esta reforma vem sendo discutida há alguns anos. Já houve encaminhamento dela no governo passado, pelo então presidente Michel Temer, ao Congresso que formou uma comissão que debateu a questão publicamente por quase um ano. Já no governo Bolsonaro, uma nova proposta com as mesmas características foi enviada ao Congresso e a reforma previdenciária se tornou o maior debate do ano na casa. Em toda a história previdenciária brasileira as normas federais sempre se aplicaram a estados e municípios. O que o estado do Paraná está fazendo é simplesmente aplicar estas normas, não havendo necessidade de mais debates além do que já houve."



*Matéria atualizada às 18h08 para acrescentar posicionamento do Governo do Paraná

Bloco de Imagem

Foto: ASC UEM

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo