Fechar

Maringá

Plantão

Medo da meningite provoca correria às clínicas de vacina

Publicado por Luciana Peña/CBN Maringá, 10:47 - 04 de Março de 2019

Bloco de Imagem

Foto: Divulgação/CBN Maringá

Na sexta-feira (1º) à noite e no sábado (2), durante todo o dia, tinha clínica particular de vacina funcionando em regime de plantão para atender a demanda, em Maringá. Numa delas, os pais, com crianças e adolescentes, fizeram fila do lado de fora. Até um parquinho foi montado para a criançada se distrair enquanto esperava. E a espera era de pelo menos uma hora. A correria às clínicas é por causa do medo da meningite. Todo mundo atrás da vacina contra a meningite B, que matou uma adolescente em Campo Mourão, e é uma doença bastante grave. E só na rede particular tem vacina contra a meningite B.


Arislene Vieira levou a filha adolescente para ser vacinada. Flavio Savolti também enfrentou fila. Mas no caso dele, o filho recebeu outra vacina. Ele já tinha sido imunizado contra a meningite B.


A enfermeira Leidiane Miranda diz que o movimento na clínica aumentou mais de 70% desde a morte da adolescente em Campo Mourão, vítima de meningite B. Os estoques foram reforçados.



Ouça as entrevistas



Os pais falam em surto da doença. Na sexta-feira, uma reportagem da CBN Maringá informou que a 15ª Regional de Saúde é a regional que registra mais casos positivos e mortes. São 18 casos confirmados e três mortes. Mas de acordo com a regional, o número está dentro do esperado para o início de ano. A enfermeira da clínica particular diz que não há surto.


Na manhã desta segunda-feira (4), ainda era grande o movimento nas clínicas particulares, com registro de filas.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo