Fechar

Maringá

Meio Ambiente

Lavanderias começam a ser fiscalizadas em Maringá

Publicado por Luciana Peña/CBN Maringá, 09:58 - 23 de Abril de 2019

Bloco de Imagem

Foto: Luciana Peña/CBN Maringá

Uma força-tarefa que começou na manhã desta terça-feira (23) vai percorrer todas as lavanderias de alto risco e próximas a riachos para fiscalizar os estabelecimentos. Duas denúncias de contaminação estão sendo investigadas pela Secretaria de Meio Ambiente (Sema). 


As duas denúncias foram feitas por moradores. Num dos casos, a suposta contaminação atingiu o ribeirão Cleópatra. O outro caso foi no ribeirão Floriano. As duas suspeitas estão sendo investigadas e dependem de laudos para confirmação.


Mas antes que o resultado fique pronto, a força-tarefa já começou a apurar irregularidades. As equipes são compostas por fiscais da Secretaria de Meio Ambiente, do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e Corpo de Bombeiros.


Os moradores que vivem perto de lavanderias reclamam que a água dos riachos muda de cor e cheiro geralmente nos fins de semana quando não há fiscalização. A força-tarefa pode atuar até nos fins de semana se houver denúncia.


O trabalho segue até que todas as lavanderias de alto risco sejam visitadas, diz o secretário de Meio Ambiente, Marco Antônio Lopes Azevedo.


Maringá tem 35 lavanderias. Destas, uma parte apenas será fiscalizada pela força-tarefa. As outras vão receber a visita dos bombeiros e fiscais da Diretoria de Fiscalização da prefeitura normalmente.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo