Maringá

Valdir Pinheiro

Grafite é apagado após pedido da Prefeitura de Maringá

Publicado por Victor Simião, CBN Maringá, 17:59 - 20 de Agosto de 2018

Um grafite foi apagado de um dos muros do ginásio Valdir Pinheiro após pedido da Prefeitura de Maringá. O desenho tinha sido feito pelo artista Paulo Ito durante um encontro de grafite na cidade, no fim de semana.


A pintura retratava três situações: uma envolvendo violência contra a mulher; outra que retratava um homem negro sendo ofendido; e por fim, um jovem negro apanhando da polícia.


Além do desenho, o artista escreveu: é melhor Jair se acostumando. A frase é utilizada pelo candidato à presidência da república pelo PSL, Jair Bolsonaro, e pelos correligionários dele.


No domingo (19), algumas pessoas viram o desenho e publicaram nas redes sociais – algumas delas, aliás, enxergaram ali não uma crítica, mas incitação à violência. Houve quem visse uma crítica ao candidato à presidência também uma tentativa de associar a violência dos desenhos a ele.


O burburinho chegou à prefeitura de Maringá. A procuradoria jurídica foi consultada e informou decidiu que o grafite tinha de ser apagado. Poderia haver problemas na justiça porque o grafite de alguma forma lembra o candidato e a frase estava em um prédio público, afirmou Domingos Trevisan, chefe de gabinete do município.


O artigo 37 da lei 9504 de 1997, conhecida como Lei Eleitoral, diz que bens do poder público não podem ter durante o período eleitoral “propaganda de qualquer natureza inclusive pichação, inscrição a tinta”. Foi nisso que a procuradoria jurídica se baseou.


A CBN entrou em contato com a organização do encontro de grafiteiros. Um dos responsáveis informou que aguardava uma nota oficial da prefeitura para entender o que houve.


A reportagem entrou em contato com o artista Paulo Ito por meio de uma rede social, mas até o fechamento da reportagem ele não havia respondido.


O Conselho Municipal de Políticas Culturais debateu a questão nesta segunda-feira (20) e deve publicar uma carta de repúdio em breve.


O artista responsável pelo grafite  já realizou exposições dentro e fora do Brasil. Muito da arte que ele produz aborda problemas sociais no país.


Ele e outros artistas participaram do encontro de grafite em Maringá no fim de semana. A iniciativa foi contemplada pelo prêmio Aniceto Matti, da Prefeitura da cidade – que autorizou a pintura de grafites em parte do muro do ginásio Valdir Pinheiro.


Leia mais notícias de Maringá. 


 

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo