Fechar

Maringá

Milhares de compartilhamentos

Foto fake de ônibus do transporte coletivo de Maringá viraliza

Publicado por Nailena Faian, 10:58 - 04 de Maio de 2019

Uma foto de um ônibus com design super moderno, movido a energia elétrica, com Wi-Fi e ar-condicionado já teve 24 mil compartilhamentos em uma página no Facebook. O problema é que na legenda foi dito que o veículo seria do transporte coletivo de Maringá, no entanto, não é verdade. Muitas pessoas que não conhecem a cidade compartilharam a informação fake. O post foi feito no último dia 30.


Na legenda, a página Jornal Expresso diz que o “transporte coletivo de Maringá é um dos mais modernos do mundo” e que a passagem custa R$ 3,90. Como título do post, ressaltaram em caixa alta: “morram de inveja”.


A imagem fpoi publicada na página de humor do Facebook "A Maringá que deu certo". A página divulga imagens fake sobre Maringá - saiba mais aqui.

Bloco de Imagem

Imagem: Reprodução/Facebook

O portal GMC Online entrou em contato com o responsável pela página Jornal Expresso e ele disse que a imagem é “meramente ilustrativa”.


Maringá conta, sim, com um ônibus elétrico. Mas não igual ao da foto. O veículo começou a circular na cidade no início deste ano. Sobre a passagem, o valor informado no post é verdadeiro: custa R$ 3,90 para quem usa o cartão Passe Fácil, seja para utilizar o ônibus elétrico ou o convencional. O valor é válido desde julho do ano passado, quando houve reajuste da tarifa. 


Sobre o Wi-Fi a informação também é verdadeira, já que todos os ônibus da cidade contam com internet desde dezembro de 2017. Já em relação ao ar-condicionado, apenas seis ônibus oferecem essa comodidade em Maringá. São os chamados Mega BRT que circulam desde fevereiro do ano passado.

Bloco de Imagem

Único ônibus elétrico do transporte coletivo que circula por Maringá. Foto: Milton Luiz/Maringá FM

Foto é de ônibus apresentado na Holanda


A imagem do post é do Future Bus, um ônibus da Mercedes-Benz que foi apresentado em novembro de 2016, numa prévia do Salão Internacional de Veículos Comerciais (IAA), na Holanda. Segundo reportagem da Quatro Rodas, o veículo tem capacidade para rodar até 70 km/h em modo autônomo, ou seja, sem auxílio de um motorista. Ele consegue reconhecer placas de trânsito e semáforos e também abre e fecha as portas nas paradas. Consegue, também, trafegar por túneis e frear automaticamente quando detectar obstáculos e pedestres à sua frente.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo