Fechar

Maringá

Luto

Estudantes do Colégio Branca da Mota homenageiam Jeniffer Tavares

Publicado por Luciana Peña/CBN Maringá, 10:50 - 08 de Maio de 2019

Bloco de Imagem

Foto: Luciana Peña/CBN Maringá

Um abraço simbólico ao redor do colégio Branca da Mota Fernandes. A escola está de luto. A estudante do primeiro ano do ensino médio, Jeniffer Tavares, foi assassinada e encontrada morta nessa terça-feira (7). Os colegas de turma foram ao velório.


Enquanto isso, todo o restante do colégio foi para frente do prédio. Cartazes, balões, frases de luto e de indignação, pedindo o fim da violência contra a mulher. De mãos dadas, os estudantes abraçaram o colégio que nesta quarta-feira em vez de aula normal, abriu espaço para um debate sobre a violência.


Um dos professores de Jeniffer, Victor Molina, disse que a turma está arrasada.



"Tive contato com ela por alguns meses. A turma dela está arrasada e foi ao velório para acompanhar este momento de dor terrível que a família e os colegas estão passando", comentou Molina.



O professor ainda relatou que hoje as aulas foram conversas sobre a violência e abusos contra a mulher.



"É preciso conscientizar as pessoas a respeito da violência contra a mulher e acabar com ela", disse.



A estudante Camila Silva conhecia Jeniffer de vista do pátio do colégio. "Mesmo não sendo próxima, a gente sentiu a dor porque ela tinha a nossa idade, era uma mulher e isto pode acontecer com qualquer uma, em qualquer lugar", reforçou Camila.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo