Fechar

Maringá

Ticnova

Diretor do Sebrae destaca a importância da TI para a economia

Publicado por Nailena Faian, 17:52 - 24 de Agosto de 2018

“A Maringá aos cem anos será constituída cada vez mais pela economia do conhecimento”, afirmou o diretor operacional do Sebrae, Júlio Agostini, durante abertura do Ticnova, em Maringá, nessa quinta-feira (23), ao citar que a cidade é destaque na área de Tecnologia da Informação (TI).


O Ticnova vai até domingo (26) e é um dos maiores eventos de TI do Sul do país. Na abertura  do evento, que contou com a participação de aproximadamente 700 pessoas, Agostini ressaltou a importância do setor para a cidade.


“Maringá é uma das cidades do Brasil que mais possui empresas com certificações Capability Maturity Model® Integration (CMMI), que atestam aderência ao padrão internacional de qualidade de software. Essas empresas estão fazendo com que o setor seja cada vez mais relevante, contribuindo, assim, com a economia”, comentou.


De acordo com o Sebrae, Maringá e região possuem 209 projetos de startups, 44 são formalizados e oito já recebem investimentos de fundos ou aceleradoras. O estudo também aponta que o ecossistema de tecnologia local cresce acima dos 20% a cada ano.


Ticnova


O Ticnova segue até domingo com mais de 50 palestrantes. Ontem, quem também participou da abertura foi Tallis Gomes, fundador do Easy Taxi, eleito pelo MIT como o jovem empreendedor mais inovador do mundo.


O evento é realizado pelo Sebrae/PR e Software by Maringá, tendo como objetivo promover a integração de pessoas, resultando na geração de novas empresas, produtos e serviços inovadores, por meio de atualização tecnológica, difusão de tendências, aplicação de conceitos e geração de inovação.


Com assessoria de imprensa


Leia mais notícias de Maringá

Bloco de Imagem

Ticnova segue até domingo (26) em Maringá. Foto: : Jhon Goulart

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo