Maringá

Aeroporto

Cinco empresas disputam licitação da torre de controle

Publicado por Victor Simião/CBN Maringá, 18:31 - 14 de setembro de 2018

Cinco empresas apresentaram propostas para prestar o serviço da torre de controle do aeroporto de Maringá. Os primeiros envelopes, de habilitação, foram abertos nesta sexta-feira (14). A informação é da CBN Maringá.


Como foram feitos questionamentos entre as participantes, a licitação está suspensa – o que é algo normal nesse tipo de processo. O preço do certame é de R$ 2,4  milhões.


Não foram abertos os envelopes das propostas. Nesse momento é feita a habilitação. Agora é necessário fazer a conferência dos itens. Por conta dos questionamentos, a comissão de licitação tem de dar respostas. Não há prazo para isso.


A licitação prevê a contratação de uma empresa para operar a torre de controle do aeroporto. Segundo edital, a vencedora deve ofertar 19 funcionários – entre controladores e técnico em meteorologia.


Em junho deste ano, 20 controladores de voo pediram demissão após recomendação do Tribunal de Contas da União (TCU). É que eles eram militares aposentados da Força Aérea e acumulavam aposentadoria e salário da torre.


Desde então, parte dos procedimentos tem sido feitos por controladores do local; e parte por rádio – em que o piloto decide se pousa ou não.


De Curitiba, Técnicos do Cindacta II, entidade responsável pelo trafego aéreo, dão suporte ao aeroporto de Maringá.


A licitação para contratar uma empresa com funcionários chegou a ser suspensa em julho, após pedido do Tribunal de Contas do Estado (TCE). O valor anterior era de R$ 2,9 milhões. Após mudanças, o edital foi publicado novamente e está valendo.

Bloco de Imagem

Foto: Arquivo/CBN Maringá

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo