Maringá

Oportunidade

Agência do Trabalhador oferta 130 vagas nesta segunda

Publicado por Redação GMC, 16:09 - 27 de Julho de 2018

A Agência do Trabalhador de Maringá oferta 130 vagas de emprego a partir desta segunda-feira (30). As oportunidades são para diversos níveis de escolaridade. O cargo de costureira lidera a lista com 35 vagas. Do total de vagas, 51 são para pessoas com deficiência.



COSTUREIRA EM GERAL 35
VENDEDOR INTERNO 06
AUXILIAR DE LINHA DE PRODUÇÃO 05
ENCARREGADO DE LAVANDERIA 03
SOLDADOR 02
VENDEDOR PRACISTA 02
MARCENEIRO 02
MECÂNICO DE BICICLETAS 02
MOTORISTA DE CAMINHÃO 02
AUXILIAR MECÂNICO DE REFRIGERAÇÃO 01
TÉCNICO DE REFRIGERAÇÃO (INSTALAÇÃO) 01
TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO 01
COZINHEIRO GERAL 01
COZINHEIRO DE RESTAURANTE 01
ATENDENTE DE FARMÁCIA – BALCONISTA 01
CHEFE DE ARMAZÉM 01
OPERADOR DE MÁQUINA DE DOBRAR CHAPAS 01
OPERADOR DE ROLO COMPACTADOR 01
PINTOR A REVÓLVER (PINTURA ELETROSTÁTICA) 01
PINTOR DE AUTOMÓVEIS 01
REVISOR TÊXTIL 01
SERRALHEIRO 01
FISCAL DE LOJA 01
ENCANADOR 01
GARÇOM 01
GERENTE FINANCEIRO 01
INSTALADOR DE INSULFILM 01
ANALISTA DE SISTEMAS (INFORMÁTICA) 01
INSTALADOR ELETRICISTA 01


TOTAL DE VAGAS 79


VAGAS PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA


EMPACOTADOR 20
ATENDENTE DE LOJAS 14
AUXILIAR DE LINHA DE PRODUÇÃO 03
PROGRAMADOR DE COMPUTADOR 03
OPERADOR DE TELEMARKETING ATIVO 02
AUXILIAR DE LIMPEZA 01
AUXILIAR FINANCEIRO 01
TÉCNICO EM DOCUMENTAÇÃO 01
ZELADOR 01
LAVADOR DE ÔNIBUS 01
AUXILIAR ADMINISTRATIVO 01
COBRADOR DE TRANSPORTES COLETIVOS 01
FAXINEIRO 01
MONITOR DE ALUNOS 01


TOTAL DE VAGAS PCD 51


TOTAL GERAL 130


 


A Agência do Trabalhador fica na Avenida João Paulino Vieira Filho, 917. O horário de atendimento é das 8h às 16h. A agência abre às 7h.


Mais informações pelo (44) 3309-5000.


As vagas disponíveis estão sujeitas a alterações.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo