Maringá

Procon

77 postos de combustíveis são notificados para entregar notas fiscais

Publicado por Luciana Peña/CBN Maringá, 14:55 - 12 de Junho de 2019

Bloco de Imagem

Foto: Ilustrativa/EBC

O Procon de Maringá notificou entre os dias 20 de abril e 13 de maio todos os postos de combustíveis da cidade para que eles forneçam as notas fiscais de compra e venda. As notas começaram a ser entregues esta semana.


O documento informa por quanto o combustível foi comprado, de que distribuidora e por quanto foi vendido. Com estas informações, o Procon espera ter uma lista de todas as distribuidoras que vendem combustível na cidade e com isso dar início a uma segunda etapa do trabalho de apuração dos preços.


Nesta etapa o Procon quer responder a uma pergunta que os consumidores fazem com frequência: por que o combustível na região é mais barato do que em Maringá? É o que explica o diretor do Procon, Geison Ferdinandi.


"O próximo passo é entrar em contato com as distribuidoras para que tenhamos informações destas distribuidoras, e que provavelmente até o fim do mês, tenhamos alguma informação conclusiva com relação à formação dos preços em Maringá", afirmou Ferdinandi.


O Procon esclarece que, como órgão administrativo, não tem um poder amplo de investigação. Não pode, por exemplo, pedir quebra de sigilos. Por isso, o Procon não é o órgão competente para combater suposta cartelização de preços dos combustíveis.


Com relação à qualidade dos combustíveis, este ano dois postos foram autuados e eles recorrem administrativamente das multas. E em nova fiscalização o combustível vendido por eles ficou dentro do padrão exigido.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo