Fechar

Maringá

Nesta quarta

Mais de 30 árvores caíram e uma pessoa ficou ferida durante temporal

Publicado por Luciana Peña/CBN Maringá, 08:44 - 18 de Outubro de 2018

Bloco de Imagem

Quatro das 16 árvores que caíram em Maringá atingiram casas, segundo a Defesa Civil. Foto: Divulgação/Defesa Civil

A chuva voltou a cair com força e acompanhada de vendaval na tarde desta quarta-feira (18) em Maringá. Desta vez, diferentemente do último fim de semana, o número de árvores caídas foi bem menor: 33. Na semana passada, 185 árvores caíram.


Mesmo com saldo menor, o temporal deixou estragos. Novamente casas e carros foram atingidos. É o que diz o diretor da Defesa Civil Municipal, Adilson Costa. "Quatro árvores caíram sobre residências e infelizmente uma delas atingiu um motociclista. O pessoal trabalhou até meia-noite e ainda ficaram algumas árvores para serem retiradas hoje. O pessoal da arborização já trabalha na remoção dessas árvores desde às 7h", diz Costa. 


O motociclista ferido durante o temporal recebeu o primeiro atendimento da equipe da Defesa Civil, até que o Corpo de Bombeiros chegasse ao local. Segundo o diretor, ele estava consciente, conversando, mas precisou ser encaminhado a um hospital. 


A Defesa Civil lembra aos moradores que é possível receber alertas de temporal e conseguir se prevenir, como não saindo às ruas na hora da chuva forte. "A Defesa Civil emite um alerta e você pode receber gratuitamente em seu celular, via sms, enviando [uma solicitação] para o número 40199. No corpo da sua mensagem, você coloca o cep de sua rua, não importa a cidade que você esteja", explica. De acordo com ele, o aviso chega horas antes do temporal. "Isso é importante para o planejamento do seu dia, da sua casa", pontua. 


Atualizada às 9h47

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo