Fechar

Gastronomia

Seja o jurado

Maringá Food Festival: 5 passos obrigatórios para avaliar uma pizza

Publicado por Redação GMC, 08:56 - 11 de Setembro de 2019

A Etapa Pizza do Maringá Food Festival já começou e o público maringaense está tendo a oportunidade não só de provar as receitas criadas exclusivamente para o festival, mas também de exercitar seu lado de jurado de concurso de gastronomia, avaliando, comparando a registrando sua opinião acerca da pizza que comeu (veja aqui todas as receitas das pizzarias participantes).


Mas você acha que está preparado para ajudar a escolher a melhor pizza de Maringá? Sabe quais pontos devem ser observados ao julgar a qualidade de uma receita? Sim, gosto é subjetivo e cada um tem o seu. Mas existem fatores técnicos bem definidos que devem ser levados em conta na avaliação.


Conversamos com os jurados profissionais Maringá Food Festival, o diretor do Instituto ConPizza Carlos Zoppetti e o jornalista especializado em gastronomia Ricardo Castanho (saiba mais aqui), e eles compartilharam dicas preciosas que vão te ajudar muito na hora do voto. Confira:



1 - Apresentação


Bloco de Imagem

Foto: Divulgação/MFF

O ato de comer envolve não apenas o paladar, mas também os outros quatro sentidos: a visão, o olfato, o tato e até a audição (aquele “croc” quando os dentes quebram uma borda crocante, por exemplo). Mas quando a pizza chega à mesa (ou quando você abre a caixa em casa), o primeiro sentido aguçado é a visão: nós comemos com os olhos. Por isso, a apresentação é muito importante e deve ser avaliada. Bordas queimadas, cobertura mal distribuída e ingredientes cortados de forma irregular são pontos negativos.



2 - Massa


Bloco de Imagem

Foto: Divulgação/MFF

Além de ser bem trabalhada, a massa deve ter sabor, e não apenas servir de veículo para o que vem em cima. Um bom indicador é olhar para as mesas ao lado: se as pessoas deixam as bordas no prato, certamente a massa não vale as calorias. E por falar em borda, tecnicamente ela é chamada de “salto”, devendo sobressair em relação ao resto do disco. Seu interior deve ter muitos alvéolos, ou seja, buracos deixados pelo gás produzido pela fermentação, atestando uma massa leve e bem hidratada.



3 - Molho



A não ser que seja “bianca” (estilo de pizza italiana que não leva molho), toda pizza deve conter um bom molho de tomate, e um dos segredos é controlar a acidez natural da fruta. Outro fator importante aqui é a quantidade: se o molho for colocado em excesso, a massa fica encharcada, o que interfere no seu cozimento. Assim, torna-se difícil de manusear a pizza no forno e ela pode até quebrar.



4 - Bons ingredientes



Existe uma máxima na gastronomia que diz que fazer comida ruim com bons ingredientes é possível, mas que jamais um prato será bom se os componentes não tiverem qualidade. Um tomate muito ácido, um queijo oleoso ou uma calabresa com excesso de gordura podem comprometer o conjunto.



5 - Equilíbrio


Bloco de Imagem

Foto: Divulgação/MFF

O sucesso de qualquer receita, seja de pizza ou de qualquer outro prato, é o equilíbrio. Os elementos compõem a pizza – massa, molho e cobertura – devem ter uma importância igual. Além de ter uma boa massa, um molho equilibrado e bons ingredientes na cobertura, o grande segredo é saber equilibrar o sabores clássicos (salgado, doce, amargo e ácido) e criar uma harmonia bacana, sem que um componente sobressaia sobre o outro. Este é o desafio!


Como votar


Agora que você já sabe como avaliar uma pizza, que tal começar o tour pelas 22 pizzarias participantes do Maringá Food Festival? Após provar a pizza, você receberá um voucher com um código, que dará direito a registrar até quatro votos no site do evento. Ao fim do festival, ganha na categoria “Popular” a receita que tiver melhor média de avaliações, de acordo com critérios seriamente estabelecidos que deram origem a um algoritmo complexo.


Quem registrar o voto concorrerá a quatro viagens (com acompanhante) para São Paulo para viver uma verdadeira imersão no mundo da pizza: o GranTour. Os ganhadores e seus acompanhantes participarão de um workshop produzido em parceria com o Instituto ConPizza, no qual terão a oportunidade de criar sua própria receita em uma cozinha profissional, trabalhando a massa em um dia e preparando a pizza no dia seguinte – para que a massa descanse, como deve ser. O roteiro também inclui um tour gastronômico pelas melhores pizzarias da capital paulista.


Os jurados Carlos Zoppetti e Ricardo Castanho percorrerão, no último fim de semana do festival, todos os restaurantes participantes para provar todas as receitas criadas e, enfim, definir a melhor pizza de Maringá na categoria Profissional.


O Maringá Food Festival é uma realização da Bússola Eventos, com patrocínio da Made in Roça Cocamar, Coopercard, Alimentar Equipamentos, PICNIC Leprino Food’s, Agência Bússola, Fished Conteúdo, JGV Pesquisa, Império Frios Maringá, e apoio da Abrasel Norte do Paraná, Selo Qualidade no Turismo Maringá e U.Content Criação de Conteúdo. Os parceiros de mídia são Portal GMC Online, MIX FM Maringá, RIC TV Maringá e Projeção Outdoor. A Viaje Grand Tour e o Nóbile Hotel são, respectivamente, a agência e o hotel oficiais do evento.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo