Fechar

Entretenimento

Teatro Calil Haddad

Ator e cantor Gero Camilo cantará sucessos de Belchior em Maringá

Publicado por Redação GMC, 10:13 - 16 de Outubro de 2018

O ator, compositor e cantor cearense Gero Camilo realiza em Maringá, no próximo sábado (20), única apresentação do show “Gero Camilo canta Belchior”. O espetáculo será apresentado às 21h no Teatro Calil Haddad e é uma realização da 2 Coelhos Comunicação e Cultura e do Cottonet-Clube, em parceria com a Micuim Produções. Os ingressos já estão à venda.


Gero Camilo, conhecido nacionalmente como ator principalmente de cinema, também é cantor, compositor, poeta e dramaturgo. “Sempre fui fã da obra de Belchior. Quando era adolescente via shows dele em Fortaleza e ficava fascinado. Seus vinis tomavam conta da sala de minha casa”, conta o admirador declarado do conterrâneo, Belchior (1946-2017).


Ao lado da banda que batizou de Caroço da Aurora, Gero percorre o disco Alucinação (1976) e outros clássicos, como “Comentário a respeito de John”, “Paralelas”, “Coração Selvagem”, “Mucuripe” e “Brasileiramente Linda”. As composições vêm com novos arranjos para uma releitura que busca resgatar e celebrar o primor da musicalidade poética de Belchior e sua importância na música brasileira.


Belchior foi um artista enigmático. Em quase 40 anos de carreira e com uma produção de mais de 20 discos, revelou sentimentos e reflexões que embalaram gerações e ainda representam pensamentos contemporâneos sobre política e sociedade. Gero Camilo convida o público para a homenagem neste mergulho na poética visceral e revolucionária desse grande artista brasileiro.


Sobre Gero Camilo


O ator, poeta, dramaturgo, cantor e compositor Gero Camilo cursou a Escola de Arte Dramática EAD – ECA, na USP. Em 2004, encenou a peça “Aldeotas”, de sua autoria, dirigida por Cristiane Paoli Quito, que ficou em cartaz por cinco anos. O espetáculo confirmou a sensibilidade do autor e rendeu à diretora o Prêmio Shell. Sua publicação independente, “A Macaúba da Terra”, relançado em 2013 com 10 anos de publicação, rendeu em 2003 a montagem de “As Bastianas”, pela Companhia São Jorge de Variedades. Em 2006, escreveu “Cleide Eló e as Peras”, extraído da mesma publicação, que recebeu a direção de Gustavo Machado.


A trajetória no cinema começou ainda na EAD, com participações nos filmes “Cronicamente Inviável” e “Domésticas”, mas foi em “Bicho de Sete Cabeças”, a primeira de muitas parcerias com Rodrigo Santoro, que Gero Camilo se tornou conhecido do grande público.


Vencedor de vários prêmios, o ator traz na bagagem o Troféu Redentor de Melhor Ator Coadjuvante, no Festival do Rio, por “Hotel Atlântico” – 2009; Grande Prêmio Cinema Brasil de Melhor Ator Coadjuvante, por “Narradores de Javé” – 2004; Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante, no Festival de Recife, por “Narradores de Javé” – 2003; Troféu Candango de Melhor Ator Coadjuvante, no Festival de Brasília, por “Bicho de Sete Cabeças” – 2001; e Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante, no Festival de Recife, por “Bicho de Sete Cabeças” – 2001.


Banda:
Gero Camilo – voz
Simone Julian – sax e flautas
Caio Lopes – bateria
Rovilson Pascoal – guitarras
André Bedurê – contra-baixo
Ricardo Prado – teclados


Serviço


Gero Camilo canta Belchior


Dia 20 de outubro de 2018


Teatro Calil Haddad – 21h


Ingressos a R$ 30 (preço promocional para convites antecipados)


Ponto de vendas: Genko Mix do Maringá Park.


Por Assessoria de Comunicação

Bloco de Imagem

Foto: Mario Cypriano

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo