Fechar

Volei

Ajuda

Com problemas financeiros, Denk Maringá lança 'vaquinha online'

Publicado por Victor Ramalho, 14:04 - 27 de Janeiro de 2020

Enfrentando problemas financeiros, o Denk Maringá Vôlei, juntamente com torcedores e apoiadores do time, lançaram uma "vaquinha online". O objetivo da iniciativa é angariar fundos para resolver pendências com atletas e comissão técnica. 


Conforme apurado pela reportagem da CBN Maringá, a equipe está com salários atrasados desde outubro, devido à falta de repasses do patrocinador. Desde que as questões econômicas do time vieram à tona, três atletas já deixaram o Denk, e a lista pode ficar maior nos próximos dias.


"Guerreiros do Maringá Vôlei"


Na última sexta-feira, 24, torcedores e apoiadores da equipe lançaram uma "vaquinha online", apelidada de "Guerreiros do Maringá Vôlei". A meta da ação, que já conta com 42 doações, é arrecadar R$ 1,8 milhão. Até o início da tarde desta segunda-feira, 27, R$ 6,7 mil tinham sido doados.



Quem quiser contribuir, pode acessar a página por meio deste link.



Equipe


Apesar do momento conturbado, o Denk tem mostrado bom desempenho em quadra. Atualmente, o time ocupa a 7ª posição na Superliga, com 17 pontos e conseguiu classificação à Copa Brasil, um dos objetivos na temporada.


Em contato com o GMC Online, o técnico Alessandro Fadul lamentou a situação, diz que os trabalhos estão sendo acompanhados de muita conversa com os atletas, mas admitiu que o "psicológico está bastante abalado".


Esta é a sexta temporada do Denk Maringá Vôlei na Superliga, alcançando os playoffs em três ocasiões, em 2013-2014, 2014-2015 e 2018-2019.


O confronto contra o Sada Cruzeiro, que seria realizado no Chico Neto no dia 6 de fevereiro, foi transferido para Belo Horizonte, para cortar despesas, uma vez que a equipe rival se ofereceu para pagar a hospedagem e o deslocamento do time maringaense até a capital mineira.

Bloco de Imagem

Vaquinha Online "Guerreiros do Maringá Vôlei". Meta é arrecadar R$ 1,8 mi. (Foto: Divulgação)

Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, clique aqui, e encaminhe uma mensagem informando o seu nome.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo