Fechar

Volei

Feminino

Amavolei recebe o Foz antes de sequência de jogos fora

Publicado por Chrystian Iglecias, 17:55 - 09 de Agosto de 2019

Bloco de Imagem

Maringaenses venceram na estreia. Foto> Fernando Teramatsu

Quase três semanas após estrear no Campeonato Paranaense Feminino Adulto, a equipe da Associação Maringaense de Voleibol (Amavolei) volta à quadra pelo estadual. Depois de bater a AREC/Curitiba por 3 sets a 0, em Maringá, as meninas da Cidade Canção voltam ao ginásio do Jardim Paulista. Desta vez, as adversárias são de Foz do iguaçu, em jogo marcado para as 16h deste sábado (10).


O jogo de amanhã é o primeiro e último dentro de casa neste mês de agosto. Da 3ª rodada até a 6ª, todos os jogos serão longe de Maringá, começando com um confronto diante do São José dos Pinhais no próximo dia 17 e fechando o mês no dia 31, contra o próprio Foz, adversário nesta segunda rodada.


A equipe das Cataratas, inclusive, é quem lider a tabela de classificação. Com um jogo a mais que a Amavolei, o Foz do Iguaçui soma duas vitórias em dois jogos (6 pontos). As maringaenses, com 3, vêm logo atrás. Curitiba, Marechal e São José dos Pinhais ainda não pontuaram na competição.


Para a Amavolei, a partida diante das iguaçuenses marcará a estreia da ponteira Franciane Richter, esposa do também ponteiro Alê, do Denk Maringá Vôlei. Ela veio de uma equipe de Portugal após migrar das areias para as quadras. No mês passado, inclusive, Fran disputou a etapa maringaense do Brasileiro Challenger de Vôlei de Praia pela equipe da AMVP.



"Que Deus esteja com a gente e que consigamos cumprir nosso objetivo, manter nosso primeiro lugar no estadual e quero poder só contribuir pra essa equipe vencedora", disse Richter.



A Amavolei é a grande favorita ao título estadual. Atual pentacampeãs, as meninas maringaenses quase subiram para a elite da Superliga Feminina na última temporada, batendo na trave em confronto com o forte Flamengo na semifinal da Suprliga B. 


Nesta primeira fase do Paranaense, as cinco equipes se enfrentam em turno e returno. As quatro melhores após as oito rodadas se classificam para as semifinais. A partir daí, é no tradicional confronto melhor de três para decidir os finalistas e, claro, o campeão paranaense de 2019. 

Bloco de Imagem

Franciane Richter fará seu primeiro jogo. Foto: Arquivo Pessoal

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo