Futebol

Rei

No videogame da Fifa, Pelé é melhor que Maradona e vale 10 Messis

Publicado por Folhapress, 14:53 - 06 de Março de 2019

Bloco de Imagem

Foto: Reprodução/Youtube

O lançamento de uma atualização dentro do modo Ultimate Team do jogo Fifa 19 reascendeu o debate sobre quem foi o maior jogador de futebol da história: Pelé ou Maradona? Para a Eletronic Arts, produtora do game, o brasileiro leva vantagem sobre o argentino.


Assim como outros 39 craques, Pelé ganhou uma nova carta dentro do Ultimate Team, chamada Icon Prime Moments, que reflete o melhor momento da carreira de cada jogador.


O brasileiro recebeu a maior nota possível dentro do jogo, 99. Ela é baseada, segunda a EA, no desempenho dele em 1970, ano em que conquistou a Copa do Mundo pela terceira vez, aos 30 anos. A empresa cita, inclusive, a atuação dele na final do Mundial diante da Itália.


"Pelé abriu o placar contra a Itália depois de apenas 18 minutos de sua terceira final de Copa do Mundo. Encontrando espaço no segundo poste após uma reposição de bola, Pelé saltou para cabecear um cruzamento de Rivellino antes de pular nos braços de Jairzinho, em uma celebração icônica", diz a descrição presente no jogo.


A carta de Maradona possui nota 98. Em sua descrição, a EA aponta o ano de 1986 como o auge do argentino. Novamente ela destaca um momento em uma Copa do Mundo, quando o craque marcou um golaço contra a Inglaterra, nas quartas de final.


"Pegando a bola em seu próprio campo, Maradona rapidamente afastou dois jogadores ingleses antes de fazer o seu caminho até o ataque. Batendo jogador após jogador, Maradona continuou correndo com a bola até o goleiro Peter Shilton antes de finalizar com estilo", cita.


Apesar de a carta do argentino ser apenas um número abaixo do card de Pelé (99 contra 98), o preço máximo da carta do brasileiro dentro do game é 15 milhões de coins, como é chamada a moeda do jogo. Já o card de Maradona custa, no máximo, 7,5 milhões. Para efeito de comparação, Lionel Messi, com overall de 94, pode ser vendido por até 1,3 milhões, menos de um décimo do valor atribuído do card de Pelé.


Em 2000, a Fifa fez uma eleição para definir o maior jogador do século e, na ocasião, dividiu o prêmio entre Pelé e Maradona, fato que gerou polêmica. A divisão irritou o argentino, que venceu uma votação aberta na internet, com 53,6% dos votos, contra 18,53% de Pelé. Outros jogadores também foram citados.


Uma comissão de ex-jogadores, da qual Pelé era parte, não concordou com o resultado e a Fifa fez uma outra votação paralela, desta vez, através da "Fifa Magazine", periódico publicado pela entidade em várias línguas. Nesta nova eleição, o Rei do Futebol obteve 72,75% contra 6% de Maradona.


Uma terceira consulta foi feita, com membros da cúpula da entidade máxima do futebol, e Pelé venceu novamente. Por isso, optou-se por dividir o prêmio para minimizar a polêmica.


No ranking dentro do jogo Fifa 19, três ex-jogadores dividem a terceira colocação, com cartas de nota 95. São eles o holandês Cruyff, o italiano Maldini e o russo Leve Yashin.


Além de Pelé, outro brasileiro que possui a carta Icon Prime Moments é Sócrates, com nota 92.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo