Futebol

Estreia na Série D

Maringá FC faz ajustes finais para enfrentar o Avenida-RS

Publicado por Chrystian Iglecias, 15:54 - 02 de Maio de 2019

Bloco de Imagem

Foto: Chrystian Iglecias/GMC Online

Está chegando a hora. Após um mês de preparação, o Maringá FC está fazendo os ajustes finais para a estreia no Campeonato Brasileiro da Série D. Neste sábado (4), o Tricolor mede forças com o Avenida-RS, às 17h, no Estádio Regional Willie Davids. 


A equipe treinou nesta tarde no palco da partida. Durante o treinamento, o técnico Sandro Forner deu boas pistas do time que vai a campo enfrentar os gaúchos. É provável que, dos oito reforços que chegaram durante o período de preparação, apenas três comecem jogando diante do Avenida.


Durante o trabalho tático, a equipe titular foi formada por: André Ferlini; João Carlos, Marcelo Xavier, Arthur e Willian Simões; Léo Bartholo, Jean Neves e Geovane Magno; Everton, Welton Paraguá e Tiago Orobó. O lateral-direito João Carlos, no entanto, deixou o treino mais cedo e foi colocar gelo na coxa esquerda. Ainda não se sabe se ele preocupa para a estreia do time na quarta divisão nacional. Após sua saída, Junior Prego assumiu a lateral-direita, improvisado.


Após tanto tempo sem jogar, um fator que sempre preocupa é o condicionamento físico. No entanto, de acordo com o preparador físico do Tricolor, Norton Cassol, os jogadores já se encontram em um bom nível de competitividade.


"Estamos terminando a quarta semana de trabalho e a equipe já está preparada para começar o torneio.  A gente sabe que é um torneio curto, de seis jogos, e não dá pra se preparar dentro da competição. Fizemos uma preparação mais especial. O objetivo foi deixar o time preparado para encarar desde o primeiro jogo como uma final pra gente", afirmou Cassol.


O zagueiro Marcelo Xavier, um dos líderes do elenco, alertou para que o Maringá FC não repita a estreia no Paranaense, quando a equipe deixou dois pontos em casa. "Vamos procurar fazer diferente agora no Brasileiro, precisamos destes três pontos, porquê no final será de suma importância", disse o xerife. Ele aproveitou para deixar claro que o rebaixamento no estadual já ficou no passado. 


"A queda já passou, temos que pensar exclusivamente no Brasileiro e conseguir nosso objetivo, que é subir pra Série C, o que deixaria as coisas muito mais fáceis", completou.


Mesmo que não deva iniciar entre os titulares, o atacante Romarinho, filho do tetracampeão Romário, afirmou que a ansiedade está grande para o jogo deste sábado.


"Os campanheiros me receberam muito bem e estou muito ansioso para começar a ajudar o Maringá. Eu fiquei parado um tempinho, mas com os treinamentos que estou fazendo no dia-a-dia daqui a pouco estarei 100%. Já estou preparado para jogar alguns minutos sim", disse o novo atacante Tricolor. 


Para conquistar o objetivo do acesso à Série C, o Maringá FC precisará chegar à semifinal da competição. Após a fase de grupos, os primeiros colocados de cada chave e mais os 15 melhores segundo colocados se classificarão para o mata-mata, totalizando 32 equipes. A partir daí, serão quatro mata-matas até chegar à decisão. Em 2018, os clubes promovidos foram Ferroviário-CE, Treze-PB, São José-RS e Imperatriz-MA.


 

Bloco de Imagem

Foto: Chrystian Iglecias/GMC Online

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo