Fechar

Basquete

Maringá

Ex-ADRM, Mãozinha e Paulinho são convocados para a seleção Sub-21

Publicado por Chrystian Iglecias, 16:25 - 07 de Agosto de 2019

Bloco de Imagem

Mãozinha com os troféus de MVP e melhor reboteiro da LDB 2018. Foto: Divulgação/LRB Eventos

Revelados pelo time da Associação Desportiva e Recreativa Maringá (ADRM), o pivô João Marcello, o "Mãozinha", e o ala/pivô Paulinho desembarcaram nesta quarta-feira na cidade de Tunja, na Colômbia. Eles foram convocados para disputar o sul-americano sub-21 pela seleção brasileira, que defende o titulo conquistado no ano passado. Com a estreia marcada para a próxima segunda-feira (12), diante do Paraguai, o técnico Leonardo Figueiró tem quatro dias para preparar os jovens visando a primeira fase do torneio.


MVP da última Liga de Desenvolvimento de Basquete (LDB) pela ADRM, Mãozinha foi contratado no início deste ano pelo Esporte Clube Pinheiros, que possui um dos complexos esportivos mais renomados do país e disputa o Novo Basquete Brasil (NBB). Paulinho representou Maringá entre 2015 e 2017, e hoje está atuando pelo Pato Basquete (PR), que também disputa a liga nacional. 


O técnico Jamison Costa, que comandou os garotos na ADRM, afirmou que a ascensão das carreiras de Mãozinha e Paulinho não o surpreendem, além de enaltecer o trabalho da Liga Regional de Basquete (Maringá) no desenvolvimento de jovens basquetebolistas. 


"Eu, como treinador e há muito tempo jogando basquete, pra mim não era novidade que esses atletas iam chegar, e têm muita coisa ainda a mostrar. O João Marcello (Mãozinha) e o Paulo sempre tiveram um perfil batalhador, profissional, e que o biotipo físico ajudou eles a chegar onde eles estão", avaliou Costa.



"Quero salientar e engrandecer o trabalho que nós fizemos durante estes dez anos da LRB, justamente com esse intuito de formar atletas. Muitas vezes, nós já sabíamos que Maringá não ia colher esse fruto. Eles foram beneficiados pelo trabalho que nós fizemos, pelo trabalho que o Serrano fez, o Fabrício, e outros técnicos também fizeram, que foi trabalhar na LRB para desenvolver atletas. Copiamos o modelo dos EUA, adotamos a fórmula dos campeonatos de base deles aqui. Certamente sairão outros atletas como o Paulo e o João Marcello", completou.


Bloco de Imagem

Paulinho atuando pela ADRM no Chico Neto. Foto: Divulgação/LRB Eventos

Direto do hotel onde a seleção sub-21 está concentrada na Colômbia, Mãozinha e Paulinho concederam entrevistas para o portal GMC Online. O primeiro contou que mudou de posição e está se surpreendendo com o seu próprio desenvolvimento no Pinheiros. Ainda muito jovem (completará 19 anos neste mês), Mãozinha ainda não faz parte do elenco que disputa o NBB, mas disputa novamente a Liga de Desenvolvimento pela equipe paulista. 



"Esses 6 meses no Pinheiros estão sendo incríveis pra mim. Estou numa das melhores equipes, disputando a LDB, com uma estrutura e o cuidado fenomenal, um técnico tem sido um dos fatores cruciais nesse meu avanço de pivô para um lateral... Estou bastante empolgado para continuar esse ano, pois ainda temos mais etapas da LDB e ainda o paulista, onde terminamos o 1º turno invictos. Esse ano esta superando e muito minhas expectativas", afirmou o carioca.



Paulinho aproveitou o contato com um veículo de comunicação maringaense para agradecer o apoio que a ADRM lhe deu, além de se mostrar emocionado pela convocação para a seleção brasileira.



"Passei dois anos aí, foi aonde me ajudaram a me desenvolver. Tô muito feliz de ser convocado para essa seleção, é um sonho realizado e um passo importante para minha carreira de muitos que virão. Agora, tô focado aqui para ser campeão, e poder levar esse troféu pra casa. Tô muito ansioso para que o campeonato comece, e que eu possa colocar tudo que vim treinando dentro de quadra e também adquirir mais experiência", afirmou o ala/pivô.



Na fase inicial do Sul-Americano Sub-21 Masculino, o Brasil aparece no Grupo A, ao lado de Uruguai e Paraguai; já o Grupo B é composto por Argentina, Colômbia, Chile e Venezuela. De acordo com o regulamento, na fase inicial as equipes jogam entre si, em turno único e dentro das suas respectivas chaves; os dois melhores em cada uma delas avançam à semifinal. Os vencedores das semifinais decidem o título.

Bloco de Imagem

Nova camisa da seleção brasileira foi lançado hoje. Foto: Divulgação/CBB

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo