Fechar

COLUNISTAS

Política, autismo e política públicas

Player

Publicado por Zona Livre, 10:30 - 02 de Abril de 2019

Foto

Antonio Augusto Ferreira Neto, advogado inscrito na OAB com o número 97.224. Ele é autista e vai se dedicar a defender os direitos dos deficientes.

DIRETÓRIO MUNICIPAL DO MDB DISSOLVIDO, EM MARINGÁ
Aconteceu ontem à noite, em Curitiba, uma reunião do diretório estadual do MDB.
A deliberação foi sobre a dissolução do Diretório Municipal do partido, em Maringá.
O presidente da Executiva, Umberto Crispim, esteve presente, acompanhado do ex-vereador John Alves Correa. Foi aberto espaço para sua defesa.
A falta de desempenho pesou para a dissolução: o partido não tem vereador em Maringá, não teve candidato a deputado estadual ou federal na última eleição.
Na votação, por unanimidade, foi dissolvido o diretório municipal do MDB.
O partido deverá agora nomear uma comissão executiva provisória, que vai trabalhar para novas filiações, de lideranças políticas, empresariais, profissionais liberais, trabalhadores e líderes comunitários, com montagem de chapas com candidatura majoritária (para prefeito) e para a Câmara Municipal. Segundo o diretório regional, o partido quer voltar a ser protagonista em Maringá.
Umberto Crispim afirma que é apenas o começo de uma demanda, que vai longe. Ele espera que o diretório do partido saia vencedor.


JUSTIÇA ELEITORAL E OS MANDADOS DIRETIVOS NOS PARTIDOS
A Justiça Eleitoral está cobrando dos partidos que as suas direções sejam por meio de diretórios, formalmente eleitos, com executivas eleitas pelos diretórios para um mandato de no máximo quatro anos.
Recentemente o Tribunal Superior Eleitoral negou pedido do PMN para prorrogar o mandato da direção nacional, de quatro para oito anos.
Quase metade dos diretórios regionais dos maiores partidos do país funcionam por comissões executivas provisórias. O prazo para uma comissão provisória deve ser de 120 dias, o que vale para comissões provisórias municipais.
No entanto, são poucos os partidos que realizam eleições para os diretórios regionais e municipais. A Justiça Eleitoral está ampliando a cobrança a respeito.
Os comandos partidários estão diretamente associados à escolha dos candidatos a cada eleição. Por esta razão a cobrança da Justiça Eleitoral por diretórios constituídos por eleições entre os filiados, ampliando a coparticipação nas decisões dos partidos, nos níveis estaduais e municipais.


ELIANA PALMA NA CÂMARA MUNICIPAL
Dia 2 de abril é o Dia Mundial do Autismo. A convite do vereador Sidnei Telles, a empresária, professora e escritora Eliana Palma estará na sessão da Câmara Municipal de Maringá, para falar sobre o tema. A sessão começa às 9h30.
Eliana lançou, neste domingo, 31 de março, dois livros escritos que escreveu a partir de relações familiares. São eles “A Família Happy”, escrito ouvindo e interpretando os desenhos e falas da sua netinha Heloise, e “A Corrente Azul”, feito a partir do relacionamento com o seu neto, Alvaro, que é autista.
A presença do netinho Alvaro na família, filho de Michelle e Giba Palma, motivou a família a realizar uma mobilização para criar em Maringá o Instituto Maringaense de Autismo (IMA), que está em implantação e que deverá começar a funcionar a partir da metade do ano. A instituição tem o apoio do município e vem contando com voluntários, dentre eles, de forma especial, a família Palma, idealizadora e coordenadora do projeto.
O vereador Alex Chaves esteve presente ao lançamento. A professora Valkiria Trindade, que foi secretária de Educação e apoia o instituto e outros projetos voltados a crianças deficientes, também compareceu. O deputado estadual Do Carmo estava representado e foi citado como apoiador do projeto.
O IMA trará para Maringá os mais avançados conceitos de tratamento e educação de autistas, no mundo. Eles estiveram no Estados Unidos e outros países desenvolvidos e ouviram os mais importantes especialistas do país sobre novos métodos, estudos e pesquisas sobre o autismo, utilizando estes conhecimentos para planejar e implantar o Instituto em Maringá.


CONQUISTA EMOCIONANTE
Histórias de superação também são histórias políticas. Até porque, de forma geral, elas dependem de apoio e motivação, às vezes nem tanto coletivo, apesar das conquistas terem sempre um viés que vai além do individual e marca positivamente a sociedade em que acontece.
Antonio Augusto Ferreira Neto é autista. Ele cursou direito na PUC Maringá, concluiu a graduação, fez o exame da OAB, passou, e prestou compromisso na última sexta-feira, recebendo o número 97.224.
O filho da Lilian e do Antonio Junior foi o orador da turma. Contou um pouco da sua experiência, disse que pretende trabalhar em defesa dos direitos dos deficientes, emocionou a todos que ficaram em pé para aplaudi-lo.
O prefeito de Maringá, Ulisses Maia, compareceu ao compromisso e no seu discurso disse que o exemplo do advogado Antonio Augusto Ferreira Neto foi a motivação para a sua presença.
O município tem projetos na saúde e na educação em apoio a deficientes, entre eles os autistas.
Na mesma solenidade prestou compromisso a jovem advogada Giuliani, irmã do vereador Jean Marques, que também acompanhou a solenidade.


EVENTO DA REGONAL DE SAÚDE VAI DEBATER DOENÇAS - IMPORTANTE
Recebi do chefe da 15ª Regional de Saúde, Ederlei Alkamim, a informação de que nesta quarta-feira, dia 3 de abril, a 15ª Regional de Saúde de Maringá e a Secretaria Municipal da Saúde promovem evento para discutindo a Febre Amarela, Dengue e Meningite.
Serão quatro palestras dirigidas a profissionais que atuam nas áreas da atenção primária, vigilância epidemiológica, rede hospitalar e instituições de saúde públicas e privadas.
Ederlei avalia que “o tema é de interesse de toda a comunidade por isso estamos unidos, estado e município, nas ações de combate e prevenção a estas doenças. Os registros de casos aumentam e precisamos propagar as orientações e fortalecer as ações na cidade”.
Aumentaram as notificações de casos autóctones de febre amarela no Paraná, de dengue e também as notificações e casos da meningite viral. No encontro, os profissionais da saúde vão debater a identificação das doenças, diagnósticos, exames e tratamento e planejar ações em conjunto. Nas palestras também vão falar sobre a Chikungunya, doença transmitida pelo mesmo mosquito da dengue, o aedes aegypti. evento será no auditório Dona Etelvina, no Unicesumar, das 8 às 17h30.


 

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo