COLUNISTAS

Dicas para uma Gestão +Prática

Publicado por Gestão na Prática, 10:30 - 11 de Dezembro de 2018

Meu nome é Lilian Caetano Bueno, tenho 35 anos, sou esposa do Anderson e mãe do Igor Fillipe. Sou Trading Consulter (Consultora de assuntos aleatórios), tenho uma empresa de consultoria e assessoria empresarial, e minha missão é “Descomplicar o tal do Planejamento Estratégico”, porque como faz jus ao nome da coluna, sou muito prática, e diariamente levo essa mensagem para os empresários de pequeno e médio porte (meu maior foco de atuação), porque ainda tem-se o hábito de pensar que Planejamento Estratégico é algo complexo e aplicável apenas para “as grandes empresas”.


Confesso que escutei muito isso nos últimos dois anos, e foi algo que despertou em mim o desejo que disseminar a cultura de uma “Gestão mais Prática” e por este motivo estarei com vocês num bate-papo semanal, abordando temas que poderão ser aplicados para um sapateiro de fundo quintal a uma multinacional.


Voltando as apresentações iniciais...


Acho importante conhecerem um pouquinho do que faço antes de descarregar um monte de informações e reflexões sobre Gestão. Sou graduada em Gestão Ambiental, Especialista em Gestão e Auditoria Ambiental, com foco nas normas ISO 9001 e 14001.


Atuo na Consultoria desde 2012 especificamente em Planejamento Estratégico Empresarial, com foco de atuação na Construção Civil, na qual faço parte do Projeto da Cadeia de Construção Civil do Noroeste do Paraná (SEBRAE Maringá).


Sou Coordenadora do Projeto Pesquisa de Demanda e Oferta Imobiliária do Noroeste do Paraná, e sou Auditoria do (SINDUSCON) Sindicato da Indústria da Construção Civil. Nesses 6 anos de atividade eu vivenciei as diversas fases da construção civil.


Minha primeira experiência em 2012 foi num momento de significativos incentivos e investimentos governamentais, como PAC, que foi um programa que se acelerou e movimentou toda a cadeia da construção civil, e em 2012 como Consultora eu prestei serviços para o CIES (Centro de Informação e Estudos Estratégicos, por meio do TECPAR (Instituto de Tecnologia do Paraná) que o intuito era implantar processos de melhoria na construção civil.


Já a partir de 2014, devido ao cenário político, percebemos uma queda significativa neste setor em relação a investimentos, neste período o SEBRAE iniciou o Projeto de Potencialização da Cadeia de Construção Civil, que através da ferramenta da MEG (Modelo de Excelência da Gestão) auxiliou as empresas a enfrentarem a crise como oportunidade, e iniciou-se os processos de sensibilização, implantação rumo a maturidade de Gestão.


Percebi que para continuar contribuindo com esse projeto eu precisava em paralelo ao Planejamento Estratégico desenvolver habilidades de leitura sobre o comportamento do empresário, e foi quando decidi me capacitar e tornar Instrutora e Terapeuta Comportamental por meio do Instituto Albuquerque, recebendo minha certificação pela Fundação Napoleon Hill, e inovei ainda mais meus atendimentos.


Acompanho frequentemente outras ações específicas do setor, ERP x automatização através do SIENGE, softwares destaque, normas ambientais, normas de qualidade, em específica PBPQ-H e suas alterações, a LEAN Construction, e a filosofia FORESIGHT (Previsão de Cenários e Tendências da Cadeia da Construção Civil).


O intuito desse projeto é mostrar para os nossos clientes que inovar é fazer o processo diferente. Isso não implica em mudanças drásticas, mas em fortalecimento e união do setorial, tal como formação de governança, que inclusive iniciamos neste segundo semestre de 2018 e juntos estamos atuando com uma governança que tem como propósito o fomento contínuo da cadeia de construção civil.


Deu pra perceber minha “relação” com a Construção Civil, mas isso não me impediu de atender outros segmentos como: escritórios de advocacia, escritórios de contabilidade e clínicas médicas, e sabem por que? Por que eu amo empreender, e você deve estar se perguntando: Quantas empresas ela tem? Por enquanto 1, mas empreender é muito mais que investir em si, é despertar o desejo do próximo a empreender também, e a cada atendimento eu tenho certeza que minha missão é essa.


Minha paixão? Empreender, intraempreender, ainda mais nessa era digital, como diz Conrado Schlochauer que ser digital é mais do que ser tecnológico ou on-line, é ter um novo jeito de pensar, e é assim que me realizo a cada dia, buscando um novo jeito de pensar e planejar com praticidade e efetividade.


Sejam bem-vindos à minha coluna. Prometo dar boas dicas de Gestão. Lembrando que ainda não sou escritora profissional, “ainda” olha a oportunidade para empreender....rsrsrs, mas sou descomplicada quanto ao novo e apaixonada por inovar.


Lilian Caetano Bueno
Diretora-Executiva da SCAMPER

Bloco de Imagem

Foto: Ilustrativa/Pixabay

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo