Fechar

COLUNISTAS

OLHAR DE CINEMA 2019: A PREMIAÇÃO

Publicado por Elton Telles, 11:38 - 14 de Junho de 2019

Dirigido por Maíra Bühler, o documentário nacional “Diz a Ela que Me Viu Chorar” foi o grande vencedor da 8ª edição do Olhar de Cinema – Festival Internacional de Curitiba. O filme foi a escolha do júri formado pelo crítico Alberto Ramos, a produtora Flavia Candida e a cineasta portuguesa Rita Azevedo Gomes para levar o Prêmio Olhar de Melhor Filme da Mostra Competitiva. Nestes oito anos de festival curitibano, é a primeira vez que um filme brasileiro recebe a principal honraria do evento. O Prêmio Especial do Júri – espécie de segundo lugar – foi para outro documentário, também dirigido por uma mulher: “Chão”, de Camila Freitas, que também foi o título da Competitiva mais bem avaliado pelos espectadores e levou o Prêmio do Público.


Ainda na Mostra Competitiva, o longa francês “Seguir Filmando”, sobre a constância dos conflitos na Síria, ganhou o prêmio de Contribuição Artística, enquanto “Aziza”, que também é ambientado na Síria, levou o Prêmio Olhar de Melhor Curta-Metragem.


Entre os laureados, destaca-se o reconhecimento de cineastas brasileiras em uma ótima safra de documentários com teor político. Além das citadas no primeiro parágrafo, as documentaristas Letícia Simões levou o Prêmio Abraccine da Crítica com o belíssimo “Casa”; Eliza Capai e seu “Espero Tua (Re)Volta” ganhou o prêmio de Melhor Longa-Metragem Brasileiro e o desafiador “Quebramar”, de Cris Lyra, foi merecidamente premiado como o Melhor Curta-Metragem Brasileiro do festival.

Foto

Na ordem, as cineastas premiadas Cris Lyra, Camila Freitas, Maíra Bühler e Letícia Simões (Foto: Giorgia Prates)

Abaixo, estão todos os vencedores do 8º Olhar de Cinema - Festival Internacional de Curitiba:


MOSTRA COMPETITIVA


Prêmio Olhar de Melhor Filme
“Diz a Ela que Me Viu Chorar”, de Maíra Bühler (Brasil)


Prêmio Especial do Júri
“Chão”, de Camila Freitas (Brasil)


Prêmio de Contribuição Artística
“Seguir Filmando”, de Saeed Al Batal e Ghiath Ayoub (França)


Prêmio do Público
“Chão”, de Camila Freitas (Brasil)


Prêmio Olhar de Melhor Filme – Curta-Metragem
“Aziza”, de Soudade Kaadan (Síria/Líbano)


Menção Honrosa para “Sete Anos em Maio”, de Affonso Uchôa (Brasil)


 


OUTRAS MOSTRAS


Prêmio de Melhor Longa-Metragem Brasileiro
“Espero Tua (Re)Volta”, de Eliza Capai


Prêmio de Melhor Curta-Metragem Brasileiro
“Quebramar”, de Cris Lyra


Prêmio de Melhor Filme – Mostra Outros Olhares
“No Salão de Jolie”, de Rosine Mbakam (Bélgica)


Prêmio de Melhor Filme – Mostra Novos Olhares
“Não Pense que Eu Vou Gritar”, de Frank Beauvais (França)


Menção Honrosa para “Indianara”, de Aude Chevalier-Beaumel e Marcelo Barbosa (Brasil)


Prêmio da Crítica (Abraccine) – Melhor Filme da Mostra Competitiva
“Casa”, de Letícia Simões (Brasil)


Prêmio AVEC-PR – Melhor Curta-Metragem da Mostra Mirada Paranaense
“Mirror Mirror On the Wall”, de Igor Urban


Menção Honrosa para “Essa Terra Não Vai Terminar”, de Matias Dala Stella

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo