COLUNISTAS

Fórum de Negócios Internacionais tem mais de 350 inscritos

Publicado por Redação GMC, Especial Expoingá, 09:27 - 16 de Maio de 2019

Bloco de Imagem

Foto: Divulgação

O 15º Fórum de Negócios Internacionais (FNI), realizado na noite desta quarta-feira (15), no Restaurante Central do Parque Internacional de Exposições Francisco Feio Ribeiro, teve mais de 350 inscritos e foi sucesso em mais uma edição. Neste ano, a palestra o tema chave do comércio exterior teve como link o projeto “Mundo por Terra – uma fascinante volta ao mundo de carro”, que também dá nome ao livro da aventura.


O palestrante e autor, Roy Rudnick e sua esposa, a arquiteta Michelle Weiss, percorreram mais de 100 países, nos cinco continentes, a bordo de um Land Rover Defender 130 adaptado com um motorhome. Roy também é da gestão, graduado em administração de empresas e especialista em marketing e finanças.


“Eu venho dos negócios. Trabalhei na indústria, do universo da exportação e trago uma visão dos dois lados. A ideia é linkar estes panoramas que vai auxiliar na questão do planejamento, orientar a lidar com problemas, resiliência, e mostrar algumas passagens inusitadas por onde estivemos. Há muitos paradigmas que devem ser rompidos, e devemos abrir nossas cabeças para que o mundo é mais possível que parece”, destaca o palestrante.


“As vezes temos ideias erradas do Oriente Médio e certos países, que, na verdade, estão lá, de portas abertas para visitas e negócios, mas a gente acha que não”, acrescenta.


Lucas Verrengio, estudante de economia da Universidade Estadual de Maringá (UEM), se interessou pelo tema e aproveitou para aprender mais. “O empreendedorismo, os dilemas e aventuras do ramo são conteúdos bem tratados na palestra. Tudo isso nos deixa mais empolgados para traçar um caminho na vida e na profissão”, comenta.


O evento é promovido pelo Instituto Mercosul e Sociedade Rural de Maringá (SRM), com apoio do Núcleo Setorial dos Despaches Aduaneiros (Nusda), Agência Terra Roxa, Associação Comercial e Empresarial de Maringá (Acim) e a Coordenadoria das Associações Comerciais e Empresariais do Norte e Noroeste do Paraná (Cacinor).


A 47ª Expoingá trabalha com ações ligadas ao Objetivo do Desenvolvimento Sustentável (ODS), dentro de várias de suas atrações e projetos expostos ao longo dos dias da feira. A ação atende o 8º e 17ª ODS da lista dos 17 fixados pela Organização das Nações Unidas (ONU), que trata emprego digno e crescimento econômico e parcerias em prol de metas.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo